Vaivém: Giovane tenta tirar time do papel

por Daniel Bortoletto em 23.abr.2013 às 13:38h

Desde que saiu do Sesi, Giovane Gávio tenta viabilizar um novo projeto para a temporada 2013/2014.

Na segunda-feira, ele esteve em Barueri e se reuniu com Paulo Sérgio Nascimento, ex-jogador de futebol que fazia parte da Seleção Brasileira campeã mundial em 1994 e que agora é secretário de Esporte da cidade.

Giovane conheceu as instalações esportivas de Barueri e recebeu uma sinalização positiva de que o projeto pode andar, caso ele encontre um patrocinador.

O blog apurou que o bicampeão olímpico já conversou, recentemente, com a Kia Motors sobre a possibilidade de investir no vôlei.

Antes de Barueri, Giovane também esteve em Volta Redonda.

 

Tags: ,

Notícias recomendadas para você

  • Fabio

    Boa tarde Daniel.

    Seria interessante a criação de uma equipe em Barueri, a cidade tem uma ótima estrutura, o seu ginásio (José Correa) é um dos mais modernos do Brasil, recentemente recebeu os campeonatos mundiais de handebol e Basquete.

    Seria muito bom para a cidades da região Oeste de São Paulo terem equipes na Superliga tanto masculino como feminino.

    Estarei torcendo para que este projeto de certo,

    até mais.

    Fábio
    Osasco – SP

    • Walber

      Este time pode ser feminino??

  • ZÉ ROBERTO TB ESTEVE EM BARUERI

    Daniel, o Zé Roberto tb esteve conversando sobre a montagem de um time feminino e nada saiu. Ele seria o consultor do time e nada aconteceu.

  • bsb

    E pq não pensar em fazer um novo projeto em outro estado? SP é o estado com mais times, falta tb alguem chegar e pensar diferente como foram os casos de Canoas e Monte Cristo. Pq não um time de SC, em Florianópolis, ou no Nordeste?

    • Melina

      Concordo plenamente.

    • Ana Laura

      Concordo,mais um time em SP e vários Estados sem nenhum representante.

  • thiago

    Giovani, seja inteligente. Cidades do RJ como Duque de caxias,Nova Iguaçu ,Campos e Macaé vc consiguirá facil a implementação do projeto. Além de ficar perto do seus filhos.
    Fica a dica