Em entrevista ao L!, Giba nega aposentadoria

por Daniel Bortoletto em 25.jul.2014 às 10:47h

Pessoal, bom dia.

Na edição de hoje do LANCE!, o repórter Jonas Moura fez uma entrevista com Giba, após um palestra do jogador no Sesc Madureira, no Rio.

Na conversa, o ponta nega estar aposentado, diz analisar com carinho proposta da Polônia e lamenta falta de espaço no Brasil.

Confira: http://www.lancenet.com.br/minuto/Giba-mira-Polonia-afirma-aposentado_0_1180682149.html

A elogiável ação do Brasil Kirin com André Heller

por Daniel Bortoletto em 24.jul.2014 às 12:22h

Dois golaços em uma única ação.

Um jogo-festivo para marcar a despedida de um campeão olímpico, que serve para apresentar o novo time. O Brasil Kirin acerta em cheio no evento deste sábado, às 19h30, no Ginásio do Taquaral, em Campinas.

O amistoso entre Amigos do André Heller x Brasil Kirin é um exemplo para o esporte brasileiro. Ele mostra que é possível valorizar ídolos que estão se aposentando e contribuíram com títulos e exemplos para as novas gerações. Dá para citar vários e vários craques que pararam de atuar e não receberam qualquer homenagem. E mostra ainda como é possível ativar de forma criativa um produto em que a empresa investe alguns milhões de reais por ano.

O público campineiro terá a possibilidade de assistir a uma constelação de craques no evento, já que a equipe de André Heller reúne destaques do passado e atuais jogadores da Seleção. Veja a lista:

Levantadores: Bruninho e Maurício
Pontas: Nalbert, Dante, Virna, Kid e Diogo
Opostos: Wallace (Sada/Cruzeiro) e Joel
Centrais: André Heller, Éder e Axé
Líbero: Escadinha
Técnico: Bernardinho

Contra os craques, o novo time do Brasil Kirin, que vai apresentar caras novas (Sandro, Jotinha, Ary, Wallace, Luizinho, Michael), além dos remanescentes da última temporada (João Paulo Bravo, João Paulo Tavares, Vini, Gustavão e Alan). Não me lembro de ações recentes de times brasileiros tão legais como esta promete ser.

André Heller, campeão olímpico e mundial com a Seleção, começa a função de dirigente do time campineiro tendo colocado, em grande estilo, um ponto final na carreira de jogador. Merecidíssimo!

 

 

 

Jaqueline fala sobre o futuro

por Daniel Bortoletto em 24.jul.2014 às 10:37h

Segue o link de matéria assinada pelo repórter Jonas Moura, que esteve nesta quarta-feira em Saquarema e falou com a ponta Jaqueline.

http://www.lancenet.com.br/volei/Jaqueline-exterior-Sabia-alguma-acontecer_0_1180082179.html

Vaivém: Lucas Lóh na Polônia

por Daniel Bortoletto em 23.jul.2014 às 15:35h

O ponta Lucas Lóh, reserva da Seleção Brasileira na conquista da medalha de prata na última Liga Mundial, é mais um atleta que vai deixar o país na temporada 2014/2015.

Ele, que defendeu o Minas na última temporada, assinou contrato com o Zaksa, da Polônia.

O time ainda com os selecionáveis poloneses Zagumny (levantador) e Ruciak (ponta).

Meta para 2016. Você acredita?

por Daniel Bortoletto em 23.jul.2014 às 13:55h

O COB apresentou nesta manhã, no Rio de Janeiro, seu planejamento para a Olimpíada de 2016. Estratégias, ações e treinamentos para que o Brasil termine no top 10 do quadro de medalhas (ao menos no total de pódios, não na quantidade de ouros).

Para vôlei e vôlei de praia, a meta mínima é repetir as quatro medalhas de Londres (sem preocupação em ser ouro, prata ou bronze). Mas a entidade pensa mesmo em seis pódios, o máximo que cada país pode conseguir nas duas modalidades.

Analisando rankings mundiais, tanto o teto quanto o piso são viáveis. Na quadra, a Seleção masculina lidera com 345 pontos, 15 a mais do que a Rússia. No feminino, a lista da FIVB mostra também na frente, 15 pontos à frente dos Estados Unidos.

Na praia, após mais uma série de mudanças na formação das duplas, o Brasil lidera o Circuito Mundial entre as mulheres, com Juliana/Maria Elisa. E a CBV aposta suas fichas na recém-formada parceria entre Larissa e Talita. Entre os homens, Bruno e Alison estão em quinto lugar no Circuito, com Emanuel e Pedro Solberg, em sétimo. Outra dupla que ainda sonha com os Jogos é Ricardo/Álvaro Filho.

Nas últimas Olimpíadas, COB e CBV já sonhavam com seis medalhas. Meta possível, mas os resultados comprovam que não é nada fácil atingi-la.

Em 96, ouro com Jaqueline/Sandra, prata com Monica/Adriana e bronze com a Seleção feminina de vôlei. Em 2000, prata com Zé Marco/Ricardo e Adriana Behar/Shelda e bronze com a Seleção feminina. Em 2004, ouro com a Seleção masculina de vôlei e Ricardo/Emanuel, prata com Adriana Behar/Shelda. Já em 2008, ouro com a Seleção feminina, prata com a Seleção masculina, prata com Fábio Luiz/Márcio Araújo e bronze com Ricardo/Emanuel.

Vaivém: O futuro de Canoas

por Daniel Bortoletto em 23.jul.2014 às 12:10h

Muita gente tem me perguntado sobre reforços, saídas e patrocinadores de Canoas para a temporada 2014/2015.

Para os mais alarmistas, a notícia não é tão ruim assim como alguns pregavam: o time não corre o risco de fechar as portas antes da Superliga.

Para os preocupados com a formação do elenco: os primeiros nomes deverão ser confirmados na próxima semana, já iniciando até os treinamentos no Rio Grande do Sul. Alguns dos pilares do time no último ano (Gustavo, Minuzzi, Jeff e Angel Dennis) devem continuar. Mas é fato que alguns bons nomes já foram embora: Salsa, Giovani, Luan, Rafa, Enrico… Logicamente, Canoas sairá atrás de outros times que já estão prontos e treinando. Mas deverá seguir com força para brigar por vaga nos playoffs, caso alguns dos reforços procurados realmente cheguem. O levantador Paulo Renan e o central Thiago Barth são duas boas possibilidades. Para comandar o time, a bola da vez é Marcos Miranda.

Parte da indefinição se deve às negociações com alguns patrocinadores, inclusive a Kappesberg, que deu nome ao time nos dois últimos anos. A empresa vai continuar no projeto, mas ainda sem definição do tamanho do aporte.  Outros apoiadores ainda estão sem prospectados.

No balanço geral, as notícias são boas. O Rio Grande do Sul sempre foi um grande centro do vôlei e o projeto de Canoas resgatou o esporte no estado. E não corre risco de fechar as portas por falta de apoio. Existe, segundo o blog apurou, uma integração maior entre a cidade e o Grupo La Salle na gestão, juntamente com o grupo de jogadores que se dividem entre jogar e conduzir o projeto.

 

Vaivém: Zanuto muda de time na Itália

por Daniel Bortoletto em 22.jul.2014 às 12:31h

O ponta Bruno Zanuto vai defender o Vibo Valentia, da Série A-2, na temporada 2014/2015.

No último campeonato, ele jogou pelo Molfetta, que estava na divisão principal.

O brasileiro, agora naturalizado italiano, tinha a expectativa de ser convocado pela Azzurra para a recém-terminada Liga Mundial. Mas acabou ficando fora da lista de Mauro Berruto.

Ingressos para ver o Grand Prix em São Paulo

por Daniel Bortoletto em 22.jul.2014 às 11:50h

Pessoal, bom dia.

A CBV divulgou as informações sobre a venda de ingressos para os jogos da Seleção Brasileira feminina, em São Paulo, pelo Grand Prix.

Para quem me perguntou antes, segue o link: http://www.lancenet.com.br/minuto/Venda-Grand-Prix-Volei-sexta-feira_0_1179482090.html

Vaivém: William vira assistente do São Bernardo

por Daniel Bortoletto em 21.jul.2014 às 12:59h

O ex-levantador William Carvalho será assistente técnico da equipe feminina do São Bernardo na temporada 2014/2015.

Ele foi anunciado hoje pelo time do ABC, que será comando por Flávio Aniceto. Como já aconteceu em outras passagens, William terá a companhia da filha Stephany, ex-Vôlei Amil, no elenco.

O São Bernardo também confirmou parte do elenco:

Levantadoras: Larissa Latinofe (ex-Sport) e Sabrina Carioca

Oposto: Wime

Pontas: Paula Morh (ex-Molico/Osasco), Ciça (ex-Rio do Sul), Mari Helen e Grazi

Centrais: Vivi Góes e Bianca

Líberos: Teny e Dalila

 

Concordaram com a escolha dos melhores?

por Daniel Bortoletto em 20.jul.2014 às 20:06h

Já ouvi cada história sobre eleição dos melhores que sempre fico com o pé atrás…

Como faltam critérios claros e muitas vezes sobra politicagem, duvido que estes eleitos sejam unanimidade.

Sinto falta aqui de Ghafour, por exemplo. Mousavi era outro que poderia ser premiado. O que acham?

Melhor ponta: Sander (EUA)
Segundo melhor ponta: Lucarelli (BRA)
Melhor central: Lee (EUA)
Segundo melhor central: Lucão (BRA)
Melhor líbero: Rossini (ITA)
Melhor levantador: Marouf (IRA)
Melhor oposto: Wallace (BRA)
MVP: Sander (EUA)

 


.