Vasco ainda procura o substituto de Douglas Luiz



Bruno Paulista ainda não se firmou (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Bruno Paulista ainda não se firmou (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Martin Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, vaga em aberto, Mateus Vital, Wagner e Nenê; Andrés Rios. O time base do Vasco, que rodou bastante quando estava sob o comando de Milton Mendes, parece ganhar forma com Zé Ricardo.

Ao que tudo indica, resta apenas uma lacuna a ser preenchida: a de Douglas Luiz. Logo uma posição que, desde o ano passado, apareceu muitas vezes como solução.

Negociado com o Manchester City, Douglas ainda deixa saudades em São Januário. Para o torcedor, claro, mas também para o técnico. A cabeça de área foi a posição mais testada por Zé, tanto nos treinos quanto nos jogos. Até em razão de circunstâncias das partidas.

Jean e Wellington, dupla titular com Valdir no clássico com o Fluminense, ainda não esteve à disposição do novo treinador. Suspenso, o maior ladrão de bolas do Brasileirão ficou fora do duelo com o Grêmio, enquanto que o ex-São Paulo recebeu o terceiro amarelo no confronto com o Tricolor Gaúcho, não atuando contra o Corinthians.

O encontro entre os dois pode acontecer na próxima segunda-feira, contra o Sport, onde ambos estarão livres para jogar. As recentes ausências, porém, abriram espaços para testes.

Escudero foi titular contra os gaúchos, e acabou substituído por Bruno Paulista no decorrer do jogo. Contra o líder do campeonato, Gilberto foi improvisado na posição, mas sentiu uma lesão ainda no 1º tempo e deu lugar ao argentino. Já no fim da partida, com a entrada de Eder Luis na vaga de Jean, Mateus Vital foi recuado.

São jogadores com características bem diferentes entre si. Cabe a Zé Ricardo alcançar o equilíbrio com sua dupla ideal.

Jean e Wellington possuem na marcação o seu ponto forte, porém, com pouca qualidade na criação. Já Bruno e Escudero oferecem uma opção de chegada mais à frente, com oportunidade de finalizar à média distância.

Gilberto, por sua vez, apesar de ser lateral de origem, também tem uma boa média de roubos de bola, entretanto, peca nos passes. Com 125 erros em 20 jogos, é o 8º jogador com mais passes errados no Brasileirão, segundo dados do Footstats.

No Twitter, perguntei aos torcedores vascaínos quem eles gostariam de ver atuando ao lado de Jean, já que o camisa 5 parece ser o dono da posição – é o jogador de linha do Vasco com mais minutos em campo (1815). O resultado da enquete até agora é esse:



MaisRecentes

Sub-20 do Vasco poderá superar o desempenho do time de 2010, que revelou Allan e Luan



Continue Lendo

A Martín o que é de Martín



Continue Lendo

Valentim precisará fazer muito mais em 2019 para justificar sua permanência



Continue Lendo