Tiago Reis segue quebrando recordes no Vasco



Tiago Reis marcou 4 gols nos últimos 4 jogos (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Publiquei aqui, durante a semana, um levantamento que fiz sobre o início de todos os atacantes revelados pelo Vasco nos últimos 52 anos, dando destaque para os três gols marcados por Tiago Reis em seus cinco primeiros jogos, a maior marca deste período junto de nomes Walfrido, em 67, Sorato, em 88, Valdir, em 92, e Cadu, em 2002. Não satisfeito, neste domingo, o centroavante marcou mais uma vez, a quarta consecutiva. Agora, num clássico com o Flamengo.

O tento de cabeça ia dando o título da Taça Rio ao Cruzmaltino, mas o gol de Arrascaeta aos 48 minutos do 2º tempo levou a decisão para os pênaltis. Tiago acabou perdendo uma das cobranças. Um erro que não apaga o ótimo momento vivido pelo atacante, que segue igualando e quebrando marcas em seu início como profissional.

Desde 2015, com Gilberto, que um jogador vascaíno não balançava as redes em quatro jogos seguidos do time. O atual artilheiro do Bahia, no entanto, marcou duas vezes de pênalti, enquanto que Reis anotou todos com a bola rolando.

É a maior série desde Edmundo, em 2008. O Animal marcou cinco vezes em sequência no início de seu último ano como profissional, balançando as redes do Itabaiana, pela Copa do Brasil, e de Boavista, Duque de Caxias, Macaé e Cardoso Moreira, todos pelo Carioca.

Levando em consideração apenas jogadores em seu primeiro ano como profissional do Vasco, a sequência de quatro jogos consecutivos estufando as redes não era alcançada desde 1985, com um tal de Romário, também com apenas 19 anos de idade.

O Baixinho, no entanto, emplacou esta série em jogos amistosos contra Nova Venécia e São Mateus, ambos do Espírito Santo, e contra os combinados de Coaraci e Itapetinga, da Bahia. O camisa 11, porém, foi além dos quatro gols, marcando dez vezes nas quatro partidas realizadas em dezembro daquele ano.

Com o gol deste domingo, Tiago Reis se tornou também o mais jovem jogador do Vasco a marcar no Clássico dos Milhões nesta década. Com 19 anos anos, sete meses e 17 dias, o centroavante superou o volante Rômulo, que anotou sobre o rival em janeiro de 2011, na derrota vascaína por 2 a 1, aos 20 anos, 4 meses e 11 dias.

Youtube: Canal do Garone
Twitter: @BlogDoGarone
Facebook: /BlogDoGarone
Instagram:@BlogDoGarone



MaisRecentes

Marquinho é um bom reforço para o Vasco?



Continue Lendo

Dobradinha vascaína



Continue Lendo

Vasco 1×0 Ceará: notas e análise do jogo



Continue Lendo