Blogs Lance!

Blog do Garone

Reforço do Vasco e na Seleção do Carioca, Marcos Júnior dominou estatísticas do Bangu contra os grandes



Marcos Júnior é um dos reforços do Vasco para o Brasileiro (Foto: Divulgação)

Não é comum um time pequeno do Rio de Janeiro figurar entre os finalistas do Campeonato Carioca. Mais difícil ainda é um dos jogadores das equipes menores ganhar uma vaga na seleção da competição. Em 2019, porém, dois atletas do Bangu – 3º colocado no Estadual – ficaram entre os 11 melhores eleitos pela Federação: o goleiro Jefferson Paulino e o meia Marcos Júnior. O segundo, novo reforço do Vasco para a temporada.

Autor do gol da vitória banguense sobre o Cruz-Maltino na última rodada da Taça Rio, que classificou o Alvirrubro para semifinal do Estadual, o volante foi um dos principais destaques do time comandado pelo ex-ponta Ado. O tento, no entanto, foi apenas a coroação das boas atuações que o jogador vinha tendo, já que foi a única vez em que balançou as redes na competição. A maior virtude do atleta de 23 anos, na verdade, não está na finalização, mas na movimentação constante e qualidade no passe.

Somando as estatísticas das seis partidas em que o Bangu enfrentou um dos grandes – três jogos contra o Vasco e um com Botafogo, Flamengo e Fluminense -, Marcos Junior foi quem mais acertou passes pela equipe, concluindo 208 das 242 tentativas, segundo dados do Footstats – 85,9% de acerto.

Um aproveitamento que não é dos mais altos;  Lucas Mineiro, por exemplo, que atua na mesma função, acertou 94%. Porém, se justifica pela maior objetividade das tentativas. O novo contratado vascaíno deu 13 assistências para finalização nos seis jogos – também recordista pelo lado banguense -, uma média superior a dois por confronto contra os grandes, enquanto que Mineiro serviu seus companheiros apenas 10 vezes em 16 duelos, mesmo enfrentando os pequenos – 0,6/j.

A constante participação na transição alvirrubra e também no ataque não impediu o jogador de ter um bom desempenho também na marcação. Marcos Júnior foi o segundo maior ladrão de bolas do time, com 12 desarmes certos – apenas o lateral-esquerdo Dieyson, ex-Vasco, com 15, superou o meia. A média de duas recuperações por jogo é superior a de todos os titulares do Cruz-Maltino no Estadual. Danilo Barcelos, com 29 em 15 atuações (1,9/j) foi o que teve o maior rendimento no quesito.

Aos 23 anos, Marcos Júnior chega ao Vasco para um dos setores mais concorridos do time, que tem, além de Lucas Mineiro, Raúl, Bruno Silva, Andrey e Willian Maranhão na disputa por uma vaga, além dos jovens Bruno Ritter, Rodrigo, Caio Lopes e Bruno Gomes, oriundos da base – alguns ainda seguem atuando pelo sub-20. No entanto, tem os números ao seu favor para ganhar uma oportunidade na equipe durante o Brasileirão.

MARCOS JÚNIOR CONTRA OS GRANDES NO CARIOCA
– Dados do Footstats

6 jogos
1 gol
0 passes para gol
13 assistências para finalização
12 desarmes
208 passes certos
34 passes errados

Youtube: Canal do Garone
Twitter: @BlogDoGarone
Facebook: /BlogDoGarone
Instagram: @BlogDoGarone



MaisRecentes

Talles Magno, Raul e Ribamar ganham posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Sub-20: Vasco contrata jovem do Coritiba e renova com atacante



Continue Lendo

Talles Magno, Ribamar e as ironias da bola



Continue Lendo

Autor

André Schmidt

Formando em Jornalismo, André Schmidt escreve desde 2008 para sites e blogues esportivos. Como convidado, já produziu textos para Jornal dos Sports, Jornal do Brahmeiro, Trivela e Goal. Manteve também colunas em Os Geraldinos, pertencente a Placar na época (2011), SãoJanuário.Net e SuperVasco, além de ter tido matérias e pesquisas publicadas no Jornal Marca e no site NetVasco. Desde junho de 2014 trabalha no Grupo LANCE!, quando foi convidado para fazer parte da equipe de Mídias Sociais durante a Copa do Mundo.

andrefschmidt@gmail.com

@BlogDoGarone