Os números de Milton Mendes na Série A



Milton Mendes foi apresentado no Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Milton Mendes foi apresentado no Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

“O Vasco vai brigar nas cabeças”. A frase do presidente do Vasco Eurico Miranda estabeleceu uma meta – e uma expectativa – no clube: conquistar uma das vagas para a Libertadores 2018. O retrospecto recente da equipe na Série A, porém, mostra que o primeiro objetivo é outro: permanecer na elite do futebol brasileiro.

Nos últimos quatro anos, o time foi rebaixado duas vezes, disputando a Série B em duas ocasiões. Ou seja, desde 2011/2012 que o Cruz-Maltino não participa do Brasileirão em duas temporadas consecutivas.

Para 2017, o clube já mudou de treinador. Após 14 jogos, Cristóvão Borges deu lugar a Milton Mendes, anunciado no fim deste domingo. Nome relativamente novo no mercado brasileiro, o técnico vai para a sua 3ª edição de Série A, tendo comandado Atlético Paranaense, em 2015, e Santa Cruz, em 2016.

Os números gerais, entretanto, não animam.

Em 47 jogos na 1ª divisão, Milton conseguiu apenas 16 vitórias e 8 empates, sendo derrotado em 23 partidas. Um aproveitamento de apenas 39,7%. Com estes números, a equipe brigaria na parte de baixo da tabela, conquistando cerca de 44 pontos.

No último Brasileiro, o Vitória foi o primeiro clube após a linha de corte do rebaixamento. O Rubro-Negro Baiano terminou com 45 pontos.

Claro, o trabalho de um treinador depende também do elenco que ele terá em mãos e da forma com que ele se portará sob o seu comando. No Furacão, por exemplo, o técnico teve um aproveitamento de 45,2%, deixando o clube quando estava na 11ª colocação. No Santa, onde tinha um grupo menos qualificado e que conviveu com problemas internos, como atrasos no pagamento, sua média caiu para 31,5%.

Resta saber qual ambiente Milton Mendes terá para trabalhar no Vasco. Os próximos jogos do Carioca deverão dar o tom.



MaisRecentes

Mais do que casa, São Januário é a arma do Vasco



Continue Lendo

Em fase artilheira, Pikachu já é um dos maiores goleadores do Vasco neste século



Continue Lendo

Maxi López assume a 4ª posição no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo