Oferecido ao Vasco, Oroz segue sem ser aproveitado no Racing



Oroz é um dos nomes analisados pelo Vasco (Foto: jose Robles/Photosport)

Em compasso de espera pelo acerto com Martín Benítez, do Independiente, o Vasco segue monitorando o meia Nicolás Oroz, do Racing. Um dos nomes oferecidos ao clube nos últimos dias, o jogador tem as características procuradas por Abel Braga desde o início da temporada: canhoto, passador e organizador.

Oroz jogou no último ano pela Universidad de Chile, onde atuou em 26 partidas – 21 como titular -, marcando 4 gols e dando três assistências. O meia, no entanto, pertence na verdade ao Racing, onde foi revelado. No clube argentino, porém, é onde menos tem oportunidades. Desde 2016 o meia vem sendo constantemente emprestado, passando por Chacaritas Juniors, em 2016 e 2017, O’Higgins, do Chile, em 2018, e a La U, em 2019.

No Racing, pouco espaço. Inclusive agora.

De volta ao clube após passagem pelo futebol chileno, Nicolás não conta com prestígio com o técnico Sebastián Becaacece. Treinando com o elenco desde janeiro, o apoiador ainda não foi aproveitado em 2020. Hoje o jogador fazer parte do grupo reserva da equipe.

Nesse sábado, no clássico com o San Lorenzo – vitória do Racing por 1 a 0 -, Oroz mais uma vez sequer foi relacionado para o banco de reservas e segue encostado no elenco. O camisa 10 não atua pelo time argentino desde novembro de 2017, sendo constantemente cedido a outras equipes.



MaisRecentes

A obra inacabada de Guarín



Continue Lendo

Raul marca seus primeiros pontos no Troféu Ademir Menezes 2020



Continue Lendo

O fim do Carioca para o Vasco



Continue Lendo