Com a saída de Lucas Santos, Vasco passa a ter um time inteiro emprestado



Lucas Santos foi emprestado ao CSKA (Foto: Divulgação)

Reduzir o elenco foi uma das primeiras missões do técnico Vanderlei Luxemburgo e do diretor de futebol André Mazzuco ao chegarem ao Vasco. O elenco tinha mais de 40 atletas na chegada do treinador, e agora vem sendo reduzido aos poucos.

O último a deixar São Januário foi o jovem Lucas Santos, de 20 anos, destaque do time na Copa São Paulo em janeiro, que foi emprestado ao CSKA da Rússia até o fim do ano. Com ele, já são 11 os jogadores emprestados pelo clube nesta temporada.

Isso sem contar os que saíram em definitivo recentemente, como o volante Rodrigo Fernandes e o centroavante Hugo Borges, que foram para a equipe sub-23 do Corinthians, o atacante Jairinho, que está no Atlético Goianiense, o meia Thiago Galhardo, que se transferiu para o Ceará, e Maxi López, que rescindiu seu contrato.

Dos 11, alguns foram emprestados ainda no início de 2019, como os zagueiros Jomar, emprestado ao Oriente Petrolero, da Bolívia, que sofreu uma lesão no joelho e não faz mais parte do grupo, mas seu empréstimo ainda consta no Boletim Informativo de Registro de Atletas da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, e Gabriel Norões, que está na Ponte Preta, o lateral-direito Rafael Galhardo, que vem atuando pelo Grêmio, e o volante Bruno Cosendey, cedido ao Criciúma.

Outros saíram após o Estadual, são os casos dos goleiros Jordi, um dos destaques do CSA nesse Brasileirão, e Gabriel Félix, titular do São Bento na Série B, do zagueiro Luiz Gustavo, que está no Guarani, do volante Willian Maranhão, hoje no América Mineiro, do meia Guilherme Costa, reserva no CRB, e do atacante Caio Monteiro, que vem entrando no decorrer dos jogos do Paraná. Todos estão cedidos pelo Vasco até o fim deste ano.

A lista contava ainda com o centroavante Thalles, emprestado à Ponte Preta em janeiro. O jogador, no entanto, infelizmente, faleceu num acidente de moto no dia 22 de junho.

VEJA O DESEMPENHO DE CADA JOGADOR NA TEMPORADA

– Jordi – CSA – 16 jogos disputados e 22 gols sofridos
– Gabriel Félix – São Bento – 8 jogos disputados e 14 gols sofridos
– Rafael Galhardo – Grêmio – 7 jogos disputados e 1 gol marcado
– Luiz Gustavo – Guarani – 11 jogos e 0 gols marcados
– Jomar – Oriente Petrolero-BOL – 0 jogos e 0 gols
– Gabriel Norões – Ponte Preta (sub-20) – 23 jogos e 1 gol
– Bruno Cosendey – Criciúma – 9 jogos e 1 gol
– Willian Maranhão – América-MG – 12 jogos e 0 gols
– Guilherme Costa – CRB – 6 jogos e 0 gols
– Lucas Santos – CSKA – 0 jogos e 0 gols
– Caio Monteiro – Paraná – 6 jogos e 0 gols



MaisRecentes

Talles Magno, Ribamar e as ironias da bola



Continue Lendo

A péssima pontaria do Vasco



Continue Lendo

Em período de teste no Vasco, atacante prorroga contrato com outro clube



Continue Lendo