As cinco negociações mais caras da história do Vasco



Edmundo foi vendido para a Fiorentina, em 97 (Foto: Divulgação/Vasco)

Vender jogadores tem sido uma forma comum dos clubes arcarem com suas despesas anuais. Com o Vasco, não tem sido diferente. Sofrendo com problemas financeiros, a equipe de São Januário encaminhou, nesta quarta-feira, a venda de sua maior promessa do último ano: o atacante Paulinho.

A joia, de apenas 17 anos, defenderá o Bayer Leverkusen a partir do 2º semestre. O valor da negociação: 25 milhões de euros, cerca de R$ 105 milhões. É a maior negociação da história do Cruz-Maltino, que já havia batido seu recorde em 2017, quando vendeu Douglas Luiz por 15 milhões de euros – aproximadamente R$ 55,7 mi, na época – ao Manchester City, da Inglaterra.

Confira a lista das cinco maiores vendas do Vasco em sua história:

1º – Paulinho – Bayer Leverkusen – 25 milhões de euros* (2018)
2º – Douglas Luiz – Manchester City – 15 milhões de euros (2017)
3º – Diego Souza – Al Ittihad – 8,2 milhões de euros (2012)
4º – Rômulo – Spartak Moscou – 8 milhões de euros (2012)
5º – Edmundo – Fiorentina – 7 milhões de euros (1997)

* negociação e valores ainda não confirmados oficialmente pelo Vasco



MaisRecentes

Sub-20 do Vasco poderá superar o desempenho do time de 2010, que revelou Allan e Luan



Continue Lendo

A Martín o que é de Martín



Continue Lendo

Valentim precisará fazer muito mais em 2019 para justificar sua permanência



Continue Lendo