Aproveitamento de Luxemburgo com o Vasco tem sido igual ao de Sá Pinto



Vasco de Luxemburgo segue na zona de rebaixamento (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Responsável por livrar o Vasco do rebaixamento em 2019, quando tirou o time da lanterna da competição e o levou até a 12ª posição do Campeonato Brasileiro, Vanderlei Luxemburgo tem tido mais dificuldades em 2021. O técnico assumiu a equipe no início de janeiro, na 17ª posição com 28 pontos em 26 jogos. Nove partidas depois, o Cruz-Maltino segue onde estava.

Nessa quarta-feira o Vasco foi derrotado novamente. Dessa vez pelo Fortaleza, um adversário direto na luta contra o descenso, pelo placar de 3 a 0. Esse foi o quarto confronto direto contra times da parte de baixo da tabela que os cariocas não conseguiram vencer com Luxa no comando. Antes, já havia empatado com Atlético Goianiense e Bahia, e perdido para o Coritiba, em São Januário. O Botafogo foi o único batido.

Desde que retornou ao clube, Luxemburgo esteve à frente da equipe em nove oportunidades, conquistando duas vitórias, três empates e quatro derrotas. Com 9 pontos ganhos em 27 disputados, o treinador vem tendo um aproveitamento de apenas 33%, exatamente o mesmo que o seu antecessor, o português Ricardo Sá Pinto, teve em sua passagem pela Colina.



MaisRecentes

Com Leó Jabá, Vasco chega a 14 jogadores com participações diretas em gols na temporada



Continue Lendo

A bipolaridade vascaína



Continue Lendo

Troféu Ademir Menezes: Marquinhos Gabriel e Cano se aproximam dos líderes



Continue Lendo