publicidade


Derrota pode gerar crise no Palmeiras

por Francisco Loureiro em 30.ago.2014 às 7:34h

Presidente Paulo Nobre vai blindar próxima reunião do Conselho

A cúpula do Palmeiras pode pedir reforço policial para a próxima reunião do Conselho Deliberativo, caso o time perca hoje para o Internacional e volte para a zona do rebaixamento. A reunião será na próxima segunda-feira. A Mancha Verde, adversária da diretoria desde que o presidente Paulo Nobre suspendeu a ajuda à torcida, ameaça invadir a reunião. A reunião é essencial para Nobre, que quer que o Conselho avalize os quase R$ 120 milhões que fez em empréstimos ao clube.

Separados
Durcésio Mello decidiu se lançar candidato a presidente do Botafogo. Ele tem o apoio do ex-presidente Carlos Augusto Montenegro. Mello se reuniu com o bloco de oposição, formado pelo Mais Botafogo e pelo Botafogo Acima de Tudo. Mello havia desistido do pleito, porém voltou atrás nesta semana. Os grupos serão rivais na eleição, mas prometem cooperar com a chapa eleita, após assumir a gestão.

Negociações
A Ferj planeja para o mês que vem um encontro para setembro com os clubes pequenos da 1ª Divisão estadual. Esses clubes pedem um aumento das cotas de TV – que são proprocionalmente muito menores que em São Paulo. O assunto veio à tona no Comitê Arbitral do Estadual de 2015, na última terça-feira. A federação do Rio definirá nos próximos dias a data para colocar o assunto em pauta, no próximo mês.

Chumbo tricolor
Conselheiros de situação e oposição reclamam que o ex-presidente Juvenal Juvêncio está detonando na surdina a gestão do sucessor Carlos Miguel Aidar. E que, quando alguém começa a criticá-lo – dizem que ele não quer largar o poder– , seus aliados o censuram dizendo que é falta de humanidade, em razão do mau estado de saúde do caudilho.

Cenário verde
A diretoria do Palmeiras, segundo conselheiros da situação, não fez homenagem ao ex-centroavante César Maluco na festa do centenário porque ele, além de ser conselheiro, é potencial candidato a vice na chapa de oposição na eleição de novembro. O objetivo foi evitar clima político na festa. Mas o presidente Paulo Nobre, que é candidato à reeleição, discursou –brevemente– durante a festa.

Nem a raspa
O departamento jurídico da Portuguesa diz que desistiu de qualquer desfecho favorável nas ações relativas ao Caso Héverton – que provocou o rebaixamento do time para a Série B – que estão centralizadas no Rio de Janeiro. Até recentemente, o clube ainda considerava que poderia ser ressarcido financeiramente pelo rebaixamento caso vencesse alguma ação.

Outro lado
O Ministério do Esporte nega que o ministro Aldo Rebelo esteja de férias. Diz que ele está em viagem oficial ao Paraguai – há imagem do ministro no site oficial. Diz que o ministro tirou uma semana de férias na semana retrasada e tirará outra na semana que vem. A informação errada foi passada por um assessor, que agora diz que houve um mal-entendido.

DIA DA CAÇA

Orlando Rollo é presidente do Conselho do grupo Terceira Via Santista

O conselheiro e membro do grupo Terceira Via Santista, Orlando Rollo, esteve nos holofotes do clube nos últimos meses.

Apresentou a denúncia dos sócios-fantasmas e conseguiu barrar a proposta de voto online no clube. Foi ovacionado e já pensava em chegar à presidência do Santos.

Na última reunião do Conselho, o vento virou.

Primeiro Rollo assistiu a diretoria provar, passo a passo, o envolvimento dos cabeças de seu grupo na confecção das “carteiras fantasmas”. Depois, ele mesmo foi acusado.

Protestou, disse estar sendo acusado levianamente e que não havia ofendido ninguém. Foi um tiro no pé.

O presidente do Conselho, Paulo Schiff,  leu em voz alta o trecho do ofício que Rollo havia protocolado no dia anterior. O texto acusava nominalmente o presidente do órgão.

DE LETRA

“Dos piores, ele é o melhorzinho”

Gilto Avallone, conselheiro do Palmeiras, explicando por que pretende votar na reeleição de Paulo Nobre

Refis ameaça ‘matar’ LRFE

por Marcelo Resende em 29.ago.2014 às 7:26h
Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba e da Comissão de Clubes, ainda se mostra otimista em relação à LRFE

Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba e da Comissão de Clubes, ainda se mostra otimista em relação à LRFE

Cinco dos 12 maiores clubes do Brasil – todos com grandes dívidas fiscais – Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Flamengo e Fluminense – refinanciaram suas dívidas com a União e podem implodir o projeto da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte. Esses clubes refinanciaram pelo Refis da Crise a dívida que bloqueava suas receitas e agora tiveram um desafogo. No Refis pagam juros TJLP, de 5% ao ano. A LRFE usará a Selic (11%) e exige contrapartidas. Vilson Ribeiro, da comissão de clubes, ainda mostra otimismo.

A voz do dono
Diretores da Globo têm dito a clubes e interlocutores nas reuniões sobre o futuro do futebol brasileiro que o horário das 22h para os jogos é benéfico aos clubes, porque permite que os torcedores passem mais tempo consumindo nos estádios. Dizem também que, se os jogos fossem às 21h, ir para os estádios seria muito desconfortável para o público. Entretanto, poucos concordam, mas quase todos ficam calados.

Santos perde
A diretoria do Santos calculou que a polêmica das carteiras fantasmas – que agora virou caso de polícia – afetou a relação com os atuais patrocinadores e interrompeu a negociação com novos parceiros. Explicam que é comum negociar esse tipo de contrato usando o número de sócios-torcedores como métrica para o tamanho do mercado consumidor que a parceria pode oferecer.

Dominós
Um mês após bater de frente com Jackson Vasconcellos, provocando a saída do antes braço-direito do presidente Peter Siemsen, o vice de Projetos Especiais, Pedro Antônio Ribeiro, chocou-se com o vice de Futebol, Mario Bittencourt. Os dois tiveram uma acalorada discussão. Resta saber como Siemsen vai agir. Bittencourt foi crucial para a permanência do Flu na Série A neste ano.

Polêmica
Adauri Silveira, vice de marketing do Inter, diz que está previsto no contrato do diretor-executivo de marketing do clube, Jorge Avancini, comissões por metas atingidas. Silveira diz que isso explica a duplicidade de pagamentos de comissão no contrato com a Nike, pois uma terceira empresa também participou do acordo. A oposição ao presidente Giovanni Luigi reclama das comissões pagas pelo clube.

Ofício
Vinícius Assumpção, um dos candidatos de oposição à presidência do Botafogo, vai oficializar sua chapa em cartório no próximo dia 17. O grupo pensa em um possível compromisso a ser oficializado, em caso de assumirem a presidência do clube. Assumpção admite a possibilidade de união com outros grupos, mas diz que não abrirá mão de ser cabeça de chapa.

Reforço
O grupo de 12 torcedores abastados que irão ajudar o Botafogo a pagar os direitos de imagem dos jogadores até o fim do ano cresceu para 15. Liderado pelo ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, o bloco vai atrás de outros interessados para reforçar o compromisso firmado com os atletas em reunião na última terça. Cada um pagaria R$ 80 mil mensais por quatro meses.

MISSÃO SECRETA

Aldo Rebelo (Foto: Glauber Queiroz/ME)

Aldo Rebelo, ministro do esporte, está de férias (Foto: Glauber Queiroz/ME)

O ministro Aldo Rebelo, convidado para um evento de empresários ontem em São Paulo, não compareceu.

Em seu lugar foi seu imediato, o secretário-executivo Luis Fernandes, que ocupa a cabeça do ministério interinamente.

Fernandes disse que Rebelo não podia vir porque estava em “missão no exterior”.

A explicação não bate, porque se fosse assim, Fernandes não teria assumido a pasta ainda que interinamente.

O segredo foi revelado por funcionários do próprio ministério: Rebelo está de férias.

Já nessa condição, Rebelo, que é alagoano, apareceu na festa do centenário do Palmeiras, no dia 26, de paletó, gravata brancas e camisa verde.

DE LETRA

“Agradeço por estar aqui, pois uma parte da torcida está me procurando”

José Carlos Brunoro, diretor executivo do Palmeiras, fazendo piada da sua própria situação, em evento em SP.

Oposição define chapa no Botafogo

por Marcelo Resende em 28.ago.2014 às 7:26h
Oposição do Botafogo define grupo político

Oposição define cabeças de chapa

O maior bloco de oposição do Botafogo definiu sua chapa para a próxima eleição presidencial. Carlos Eduardo Pereira, do Mais Botafogo, Nelson Mufarrej, do Botafogo Acima de Tudo, serão candidatos a presidente e vice. A oposição agora tenta atrair o ex-diretor de Marketing, Marcelo Guimarães, e o empresário Durcésio Mello, que ensaiam candidaturas próprias. Nos próximos dias, o bloco deve se reunir com cada um deles e tentar ampliar o grupo de oposição à atual diretoria.

Sem festa
Conselheiros do Palmeiras pretendem cobrar do presidente Paulo Nobre que preste contas do banquete de centenário, que foi alvo de polêmica dentro e fora do clube. Dizem que houve muitas centenas de convites feitas por Nobre e que o clube não deveria pagar, por sua situação financeira. Dezenas de conselheiros recusaram ou devolveram convites para o banquete luxuoso do centenário.

Planejamento
O Vasco planejava apresentar a Umbro nesta semana como nova fornecedora pelos próximos três anos e meio, porém decidiu mudar a data do anúncio e do lançamento dos uniformes, fazendo apenas uma apresentação. O Vasco tem contrato fechado até outubro com a Penalty, mas a empresa não vem fornecendo material ao clube regularmente e fala-se nos bastidores que a empresa está de saída do futebol.

Rúgbi
A pequena Confederação Brasileira de Rúgbi vêm mostrando agressividade na procura por crescer a popularidade do esporte no país. Hoje, anuncia a parceria com a consultoria 55social, para gerenciamento em redes sociais. No total, 19 empresas são parceiras da CBRu, e só neste ano cinco acordos foram fechados. Além disso, outras tantas empresas contribuem com isenção do IR.

Nada de novo
A reunião do Bom Senso com a Globo foi classificada por membros do movimento de “amigável” e “sem novidades”. As partes concordaram quanto à criação de um órgão fiscalizador regulamentado na CBF e na LFRE e a necessidade de melhorar o espetáculo. Mas a emissora não aceita nem conversar sobre mudanças no calendário e o horário dos jogos.

Faca no peito
A decisão da Unimed de não mais investir em jogadores está sendo vista com descrédito por uma parte dos conselheiros do Fluminense. Dizem que há apenas um agravamento da queda de braço entre os presidentes do Flu, Peter Siemsen, e da Unimed, Celso Barros. Este último, que sofreu oposição na última eleição da Unimed, sabe que o Fluminense depende de seu dinheiro e quer mais poder.

Cor proibida
Há cerca de três semanas, a Nike apresentou novos modelos de camisa de goleiro para o Corinthians. O clube é o principal e mais antigo parceiro da marca no Brasil. Cássio já vem usando duas delas em jogos. A outra, amarela, foi vetada pela diretoria. A camisa vetada, como as aprovadas, tinha um grande V em cada manga – nesse caso, da cor verde, do rival Palmeiras.

DUAS CARAS

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo

Fora do Morumbi, o presidente Carlos Miguel Aidar é visto como falastrão.

Mas dentro do clube, vem tomando atitudes que caíram no gosto de conselheiros e sócios. Atualmente, a simpatia é até maior entre seus adversários do que entre seus aliados.

O grupo ligado ao ex-presidente Juvenal Juvêncio não gostou de ver seu projeto de reforma ser varrido para debaixo do tapete.

Ao mesmo tempo, Aidar vem colocando panos quentes na relação com opositores nas reuniões do Conselho.

Na última, no dia 11, chegou até a passar a palavra a Marco Aurélio Cunha.

Para alguns conselheiros, é o sinal de que o quadro político do São Paulo pode sofrer uma dança das cadeiras. Resta saber quem vai trocar de lado.

DE LETRA

“Agora é hora de trabalhar, não de comemorar”

Carlos Eduardo Pereira, conselheiro que recusou convites do Palmeiras para ir ao jantar do centenário.

Atlético-MG troca TV aberta por PPV

por Francisco Loureiro em 27.ago.2014 às 7:15h

O presidente atleticano Alexandre Kalil não está ligando para ter os jogos do seu clube na TV aberta

O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, disse à Globo que não quer os jogos do seu time na TV aberta, mas apenas no pay-per-view. “Não tenho interesse na aberta”, disse Kalil à De Prima. Em consequência da boa fase pela qual passa, o Atlético subiu para o terceiro lugar em venda de pacotes e arrecada mais de R$ 40 milhões por ano com ele. Os clubes são remunerados em razão de pesquisas realizadas pelo Ibope e pelo Datafolha sobre compra de pacotes de pay-per-view.

Bunker
Um dos poucos departamentos do São Paulo em que a política de contenção de gastos e reforma administrativa ainda não chegou é a categoria de base, em Cotia. A razão é a forte presença do ex-presidente Juvenal Juvêncio nesse setor. O presidente Carlos Miguel Aidar não quer se chocar com o aliado, amigo e cabo eleitoral. Ao menos, por ora.

Adiou
Mais de um mês após o prazo prometido, o Corinthians não divulgou a contabilidade da operação da Arena Corinthians. A promessa foi feita no final de maio, após uma reportagem sobre o estádio em uma revista de negócios. A explicação agora é que as contas só serão publicadas após a conclusão das obras do estádio, no final de janeiro. Segundo a De Prima apurou com Andrés Sanchez, o valor final do estádio é de R$ 1,150 bilhão, mas juros podem aumentar o valor.

Desgaste
Pessoas envolvidas nas divisões de base do Botafogo definem a situação pela qual passa como “horrível”, devido à crise financeira vivida pelo clube. Recentemente, jovens jogadores deixaram a base alvinegra, temendo que os problemas do profissional refletissem em suas categorias. Quando assumiu, em 2009, o presidente Mauricio Assumpção prometia revolucionar a base

Verdinhas
Alguns pré-candidatos a presidente do Palmeiras preparam-se para gastar muito na disputa eleitoral – se passarem pelo filtro do Conselho. Roberto Frizzo comentou com amigos que uma campanha custará entre 1 e 2 milhões de reais. Esta será a primeira eleição presidencial direta do Palmeiras, ao menos nos últimos 50 anos.

Aprovação
Kleber leite, ex-presidente do Flamengo, aprova a determinação da diretoria clube, da qual é opositor, de não liberar os documentos referentes à transação de Hernane ao Al Nassr, da Arábia Saudita. Leite diz que, se havia um acordo para um pagamento antecipado e os árabes não cumpriram, o Rubro-negro também não deve liberar o jogador. O Al Nassr não pagou a primeira parcela do acordo – previsto para o último dia 17.

Legitimação
O grupo de oposição Terceira Via Santista deve eleger em assembleia geral, dia 30, o nome do conselheiro Orlando Rollo como candidato da chapa para a presidência do clube. O pré-candidato é a figura mais conhecida da Terceira Via e foi aclamado pela oposição na votação do Conselho Deliberativo que barrou a proposta do voto online no nas eleições de dezembro.

ÁGUAS PASSADAS

Andrés acusou croatas de inundarem banheiro, mas a história não foi bem essa

A preparação do estádio do Corinthians para a Copa do Mundo foi ainda mais dramática do que foi noticiado.

Com a demora da liberação do dinheiro do BNDES, muitas compras foram adiadas até muito perto da abertura da Copa do Mundo.

Por isso, na partida entre Brasil e Croácia, alguns setores essenciais ainda não estavam finalizados.

Um deles foi o vestiário do time visitante. Algumas banheiras foram assentadas, mas não haviam sido ligadas no esgoto.

Essa foi a causa da inundação causada pela delegação da Croácia, que provocou protestos do ex-presidente corintiano Andrés Sanchez.

E foi exatamente pr esses atrasos na Arena que a Fifa concluiu que os croatas não haviam causado dano aos vestiários.

DE LETRA

“Não queremos comentar boatos”

Julio Casares, Vice de marketing do São Paulo, sobre negociação com Puma e Adidas, confirmadas pelo presidente.

 

São Paulo corta luxos e incomoda cartolas

por Francisco Loureiro em 26.ago.2014 às 7:31h

Carlos Miguel Aidar cortou luxos de diretores e conselheiros

A decisão da diretoria do São Paulo de racionalizar a administração, para cortar gastos desnecessários dividiu os conselheiros. Alguns não querem perder mordomias, como comida no camarote do clube e viagens pagas para seguir a delegação. As despesas foram cortadas em todos os departamentos para reduzir o déficit deste ano, que já é inevitável, em razão da antecipação de receitas pela diretoria anterior. O presidente Carlos Miguel Aidar disse precisar vender dois ou três jogadores para fechar o ano no azul.

Definição
A Unimed-Rio, patrocinadora do Fluminense, diz que a decisão de rever os investimentos, inclusive no futebol, não tem ligação com as eleições da cooperativa no início do ano. No pleito, o candidato de oposição a Celso Barros, Cláudio Salles, colocou em discussão o alto gasto da empresa no Fluminense. O atual contrato com o clube será discutido no fim do ano, para avaliar a renovação ou a não continuação do vínculo.

Explicações 
O conselheiro de oposição e provável candidato à presidência Orlando Rollo protocolou ontem no Conselho do Santos pedido de explicações do presidente Odílio Rodrigues sobre o registro de novos sócios. Rollo quer saber como funcionou o cadastro e quantos sócios-fantasmas foram aceitos no sistema. O pré-candidato diz desconfiar que o procedimento aconteceu à margem do estatuto do clube.

Sem fundamento
Carlos Eugenio Lopes, diretor-jurídico da CBF, não vê fundamento na cobrança do São Paulo, que cobra R$ 20 milhões da entidade por jogadores convocados para a Seleção Brasileira. Embora não acredite em tal dívida com o clube, Lopes diz que não recebeu qualquer notificação do São Paulo sobre o caso e que está aberto a analisar os documentos do tricolor.

Estratégia
Os grupos de oposição Botafogo Acima de Tudo e Mais Botafogo, que se uniram para concorrer às eleições de novembro, definem hoje os cabeças de chapa, no Centro do Rio, além de novos apoios ao grupo. Os mais cotados são Gustavo Noronha, Carlos Eduardo Pereira e Antonio Carlos Mantuano. A eleição acontece em novembro.

Morro da Viúva
O Flamengo recebeu os documentos na última semana do grupo de empresas que está disposto a assumir, no lugar da REX de Eike Batista, o imóvel do Morro da Viúva, na Zona Sul do Rio. O clube, no entanto, pediu novos documentos, que atestem a capacidade de investimento do grupo bem como a captação de recursos. Tudo indica que o grupo irá assumir a reforma e gestão do futuro hotel, segundo membros da diretoria do Flamengo.

Aviação
A demanda por voos domésticos cresceu 0,5% em julho, mês da fase final da Copa do Mundo, em relação ao mesmo período de 2013, segundo a Associação Brasileira das Aéreas (Abear). A taxa de ocupação dos aviões ficou em 81,7% em julho, que representou aumento de 2,9% ante o mesmo mês do ano passado. O Brasil recebeu 1 milhão de turistas estrangeiros durante a
Copa.

NOBRES DECISÕES

O presidente Paulo Nobre corta gastos em mixarias e mantém Brunoro, que recebe salário

 

O presidente palmeirense Paulo Nobre chegou ao clube divulgando uma imagem de homem generoso e de sucesso fora do futebol.

Mas Nobre vem tomando decisões contraditórias à promessa de atrair receitas e cortar gastos.

Por um lado mantém José Carlos Brunoro, muito criticado por não conseguir gerar receitas e gastar mal no futebol. Por outro, corta despesas em áreas que gastam migalhas.

Nobre decidiu, por exemplo, cortar a ajuda de custo a funcionários que fazem bicos em dias de jogo. Cortou a ajuda de R$ 100 para R$ 50 por dia e não fornece mais o transporte.

Funcionário antigos do clube foram demitidos, e os que ficaram, por medo de serem os próximos na da “degola seletiva” de Nobre, nem sequer comentam o assunto.

DE LETRA

“O sistema presidencialista está ultrapassado”

Antonio Carlos Mantuano, uma das lideranças da oposição no Botafogo, sobre instalar um comitê de gestão no clube.

Palmeiras blinda festa do centenário

por Francisco Loureiro em 23.ago.2014 às 7:32h
Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, passa por fase difícil no centenário do clube

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, passa por fase difícil no centenário do clube

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A diretoria do Palmeiras trabalha intensamente para impedir que a festa do centenário do clube seja atingida pela crise provocada pelo péssimo desempenho do time no Brasileirão. Aliados do presidente Paulo Nobre tentam identificar se algum conselheiro pretende fazer protestos na festa de comemoração dos 100 anos, que acontece na terça-feira. O discurso é que não há temores de que algo possa manchar a festa, mas nenhum grande clube brasileiro completou o centenário nessa situação.

Desistiu
O empresário Durcésio Mello não vai mais disputar a eleição do Botafogo. Mello era o candidato com apoio do presidente Maurício Assumpção. Dessa maneira, aumentam as chances de não haver nenhum candidato de situação. Vinicius Assumpção deve se lançar. A oposição deve escolher entre Gustavo Noronha, Carlos Eduardo Pereira e Antonio Carlos Mantuano.

Em campo
Roberto Marinho Neto, filho do presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, e diretor de Projetos Esportivos Especiais da emissora, começou a participar de reuniões com presidentes de clubes brasileiros e CBF. A Globo detém direitos de TV de todos os principais campeonatos de futebol do Brasil. Acompanhando as situações mais de perto, Marinho Neto visa melhorar sua atuação no mundo da bola.

Manobra
É quase consenso entre as correntes políticas santistas de situação e oposição que o anúncio de Modesto Roma Junior como o candidato de Marcelo Teixeira à presidência do clube é uma manobra do ex-presidente. Dizem que Teixeira sabe que não pode se candidatar agora, mas marca seu território na política santista com um candidato que não tem poder ou carisma para ofusca-lo.

Prestação de contas
Na primeira parcial de prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral, o ex-jogador e agora candidato ao Senado Romário (PSB-RJ) recebeu 10 vezes mais em 2014 do que 2010, quando elegeu-se deputado federal. Na primeira parcial há quatro anos, o ex-atacante recebeu R$ 25,7 mil de doação, grande parte de pessoas físicas. Neste ano, Romário declarou R$ 250 mil, todo o valor doado pelo banco Santander.

Insatisfação
Não é apenas após o fim de contrato do Vasco com a Penalty, no dia 30 de junho, quando foi fechado um novo acordo até outubro, que a fornecedora vem deixando de repassar uniformes ao clube. Segundo diretores do Vasco, há tempos que a Penalty atende mal ao clube e sem dar qualquer satisfação pelo mal serviço prestado. O Vasco já assinou a volta da Umbro, mas só deve anunciar na próxima semana.

Fora do holofote
Suspenso por 120 dias no final de maio, por declarações consideradas machistas sobre a árbitra assistente Fernanda Colombo, após a decisão no Estadual, o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, evita falar até à mídia oficial do clube. Mattos não quer ser acusado de desrespeitar a punição.

LUXO

Internacional fatura mais de R$ 6 milhões por mês com programa de sócio-torcedor

O Inter não vai vender o chileno Charles Aránguiz, segundo o vice de futebol Marcelo Medeiros, dando-se ao luxo de recusar uma oferta europeia de R$ 45,2 milhões pelo jogador.

O Colorado tem 30% dos direitos econômicos, enquanto os outros 70% são de Delcir Sonda, que disse ao clube não querer reaver o investimento agora.

Daqui a alguns meses, o Inter poderá adquirir 30% dos direitos do atleta, previsto em contrato.

A oferta dificilmente seria recusada pelos clubes do eixo RJ-SP, em má situação financeira.

Medeiros credita ao sócio-torcedor, que gera R$ 6 milhões mensais ao clube gaúcho, a possibilidade de recusar uma oferta deste valor.

– Se tivéssemos as cotas de TV de Corinthians e Flamengo, não precisaria vender jem nenhuma hipótese – avalia Medeiros.

DE LETRA

“Quem for eleito vai chegar com o bolso cheio de mágicas”

Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente do Botafogo, sobre as críticas por reunir empresários para ajudar o caixa do clube.

Del Nero pode tentar cargo de vice na Fifa

por Da equipe da De Prima em 22.ago.2014 às 12:50h

Marco Polo Del Nero assume presidência da CBF em 2015, e ainda pensa em ser vice-presidente da FIFA.

Aliados de futuro presidente da CBF Marco Polo Del Nero dizem que ele vai tentar ficar com a vaga de Julio Grondona na vice-presidência da Fifa – ele já é membro do Comitê Executivo. Mas não será fácil. A vaga foi prometida por caciques do futebol sul-americano ao uruguaio Eugenio Figueredo para que ele renunciasse à Conmebol, abrindo caminho para o paraguaio José Carlos Naput ser seu sucessor. Figueredo tem 84 anos e não tem grande saúde. Del Nero poderia entrar em seu lugar.

Camarotes
A administração da Arena Corinthians deve assinar nos próximos dias os primeiros contratos de locação de camarotes – que estão em fase final de redação. Há sete acordos fechados. O prazo é de 3, 5 ou 7 anos. Quanto maior o prazo, menor o preço. Os contratos podem começar já ou em janeiro – nesse caso, os camarotes ficam livres até lá. A procura pode não ser suficiente para alugar todos até o início do próximo ano.

Laranjeira podre
Discussões sobre premiações prometidas e não pagas e sobre futuros prêmios, descumprimento de promessas pela diretoria e a falta de controle do grupo pelo diretor João Paulo Angioni são apontados como fatores que ajudaram a crise a se instalar no Fluminense. O técnico Cristóvão Borges, por outro lado, tem apoio do elenco, diretoria e até de conselheiros de oposição.

Grande marcha
O grupo de oposição santista Terceira Via vem viajando pela capital e interior paulista atrás de novos adeptos. Já foi a São Paulo e a amanhã irá a São José dos Campos. O grupo, que está nos holofotes desde a polêmica dos sócios-fantasmas, quer ampliar seu poder dentro do clube. Mas os novos sócios só poderão votar em 2017, pois é preciso um ano de associação para ter direito a voto.

Tormenta alviverde
Após ver o time cair para a lanterna do Campeonato Brasileiro, com a derrota para o Sport, a diretoria do Palmeiras decidiu isolar o clube de contatos com exterior. Vários compromissos foram cancelados e até entrevistas com profissionais de marketing foram desmarcadas. A explicação é que o ambiente está tumultuado e que a cúpula quer esperar a agitação passar.

Sustentável
A CBF contratou um escritório de advocacia para estudar e escrever o projeto do órgão fiscalizador acordado entre a entidade, os clubes e o Bom Senso FC. O modelo que a CBF proprorá será confrontado com o do Bom Senso, que há tempos já tem um projeto. Após a discussão, o bloco vai apresentar o projeto de consenso ao Ministério do Esporte e para parlamentares envolvidos na Lei de Responsabilidade Fiscal do Esport

Pelo sorriso
O Marketing do Vasco culpa a instabilidade política do clube para a falta de uma programação para comemorar o aniversário do clube, que completou 116 anos ontem. Victor Ferreira, vice de Marketing, diz que a incerteza sobre a prorrogação de mandatos atrapalhou o planejamento. Mas essa questão só aflorou nos últimos 40 dias.

LIMPEZA

Nova sede da CBF, na Barra da Tijuca. Atual cúpula vem demitindo resquícios da era Ricardo Teixeira.

No acordo que permitirá sua ascensão à presidência da CBF, o paulista Marco Polo Del Nero, combinou com Ricardo Teixeira que não mexeria em alguns cargos-chave, que dão proteção ao antigo manda-chuva da entidade.

Depois da Copa, Del Nero e o presidente José Maria Marin fizeram algumas trocas na diretoria.

Nos últimos dias, foi a vez do vice de Marketing, José Carlos Salim, que estava na CBF praticamente desde os primeiros dias de Teixeira, ser afastado.

Salim era o penúltimo dirigente da CBF que tinha uma amizade antiga com Teixeira. Só sobrou Carlos Eugênio Lopes, do Jurídico.

Simultaneamente e silenciosamente, a cúpula da CBF vem demitindo funcionários a um ritmo de um por semana. Os últimos trabalhavam no Departamento Pessoal e no Registro de Atletas.

DE LETRA

“Se o clube cumpre o que foi acordado, não há razão para ação penal”

Ives Gandra Martins, advogado tributarista, sobre ação penal do MPF contra a diretoria do Corinthians.

Palmeiras diz que reunião foi cancelada por “excesso” de festividades

por Marcelo Damato em 21.ago.2014 às 16:06h

O presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, Antonio Augusto Pompeu de Toledo, emitiu nota afirmando que cancelou a reunião do Conselho em comemoração ao centenário do clube porque havia um acúmulo de eventos nos próximos dias e que os conselheiros não conseguiriam comparecer a todos.

Além da reunião, haverá o jantar de aniversário do clube, no dia 26, a próxima terça-feira, e uma reunião ordinária do Conselho no dia 1º de setembro, a segunda-feira seguinte.

Todos os anos, o jantar de aniversário do clube ocorre no final de agosto e acontece uma reunião do Conselho no início de setembro.  A reunião extraordinária do Conselho sobre o centenário estava marcada havia alguns meses. O próximo centenário, obviamente, ocorrerá apenas em 2114.

A única novidade entre ontem e hoje foi a derrota do time para o Sport, que o colocou na lanterna do Brasileiro cinco dias antes de o clube mais vencedor do século 20 em campeonatos no Brasil completar 100 anos.

 

 

 

Em crise, Palmeiras cancela reunião festiva do Conselho

por Marcelo Damato em 21.ago.2014 às 13:21h

A presidência do Conselho Deliberativo do Palmeiras cancelou a reunião comemorativa do centenário do clube, marcada para esta quinta-feira à noite. O centenário se completa na próxima terça-feira, dia 26 de agosto.

Na quarta-feira à noite, o Palmeiras foi derrotado pelo Sport por 2 a 1 e, a cinco dias e alguns minutos do centenário, o time caiu para a lanterna do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras disputou a Série B, no ano passado, pela segunda vez em sua história, e está ameaçado de cair de novo neste ano, justamente o ano do centenário.

A presidência do Conselho do Palmeiras não divulgou ainda explicações sobre o motivo do cancelamento, apenas mandou avisar os conselheiros.

Durante a tarde, a De Prima atualizará esta nota.

 

Ajuda no Botafogo pode criar mais problemas

por Francisco Loureiro em 21.ago.2014 às 7:30h

Maurício Assumpção, presidente do Botafogo, pode estar próximo de ainda mais problemas no clube

Conselheiros do Botafogo descobriram na última reunião do órgão na terça-feira que o auxílio do grupo de empresários para pagar o salário dos jogadores pode dar dor de cabeça ao clube. Segundo foi explicado, o modelo adotado será o de depositar os valores diretamente na conta dos jogadores, sem passar pelo caixa do clube. O que será pago será apenas o direito de imagem. Isso poderá uma situação inusitada, pois o clube não terá como impedir a debandada dos atletas e nem mesmo poderá cobrar recibo.

Sem engano
O presidente do Corinthians, Mario Gobbi, foi alertado por várias pessoas, de diretores a funcionários, sobre os problemas do contrato com o zagueiro Cléber, quando da negociação em junho de 2013. Mesmo assim, decidiu assinar. O zagueiro, há 13 meses no clube, sendo sete como titular, vai para o Hamburgo (ALE), sem que o clube receba um centavo e ao menos tentasse segurá-lo.

Aqueceu
A diretoria do São Paulo diz ter sentido um aquecimento no interesse das grandes empresas em patrocinar o futebol. Mas só trabalha como contratos a partir de 2015, pois avalia que neste ano, os orçamentos estão fechados. A avaliação do clube é que a Copa aumentou, ao contrário das previsões, o prestígio do futebol brasileiro em nível interno. Mesmo assim, o clube não prevê novo patrocínio de camisa até o fim do ano.

Preparando 2015
O Cruzeiro, com a melhor equpe do Brasil nos últimos dois anos, diz ter várias manifestações de interesse de candidatos a substituir o BMG e a Olympikus, cujos contratos acabam no fim do ano. Mas, principalmente, no caso do BMG, o Cruzeiro tem interesse em manter a parceria, que já dura desde 2006. O BMG é patrocinador máster desde 2010. O clube diz que a crise não chegou a ele.

Toma lá, dá cá
O novo bloco formado pelos clubes, CBF e Bom Senso negociam com a Fazenda uma forma de diminuir os efeitos da troca da taxa TLJP (5%) para a Selic (11% ao ano), imposta pelo governo para apoiar a LRFE. A ideia é pedir que, sob a taxa Selic, os sejam descontados os juros incidentes sobre as dívidas mais antigas. Vilson Ribeiro de Andrade, porta-viz do grupo, diz que a diferença no valor final será pequena.

A limpo
A última reunião do Conselho Deliberativo do Botafogo criou uma comissão para levantar a situação financeira e do elenco de futebol do clube – a suspeita é que os jogadores com valor de mercado estejam fatiados. Dos cinco membros, três são de oposição. Na segunda-feira, a reunião se reunirá pela primeira vez e requisitará a primeira de uma série de lista de documentos.

Outra história
As pautas apresentadas pelas atletas do futebol feminino são tão distantes das demandas da categoria masculina que representantes do Bom Senso defendem, na surdina, a ideia de que é necessário a criação de um grupo específico para elas. Na última reunião entre Bom Senso e Ministério do Esporte, as duas jogadoras presentes no encontro saíram antes do final.
 

FESTA QUENTE

Clube passa por fase horrível no ano de seu centenário

Clube passa por fase difícil dentro e fora de campo no ano de seu centenário

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Conselho Deliberativo do Palmeiras marcou para a esta quinta-feira uma reunião de caráter festivo, para celebrar o centenário do clube, que se completa no dia seguinte.

Mas, para muitos conselheiros, não há clima para muita festa.

O Palmeiras atravessa uma crise financeira, com déficits quase sucessivos nos últimos 90 meses e quatro presidentes.

Dentro de campo a situação não é melhor. Na segunda, o Palmeiras poderá estar dentro da zona do rebaixamento.

Por isso, esses conselheiros prometem usar a reunião para cobrar explicações.

Resta ver se o presidente Paulo Nobre vai tratar de coisas sérias no que pode ser um raro momento de paz até o fim do ano.

 

CORREÇÃO: Originalmente foi pulicado que a reunião do Conselho seria no dia 25. A dada correta é dia 21. Mas a reunião foi cancelada. Leia mais em outro post, mais recente

 

DE LETRA

“Neste ano vamos usar a camisa para ajudar entidades beneficentes”

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, sobre o espaço na camisa do tricolor após fim do contrato com a Semp Toshiba.

 

 


.