publicidade


LFRE pode aumentar pressão contra CBF

por Francisco Loureiro em 26.jul.2014 às 7:30h

O compromisso firmado pelo Planalto de colocar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LFRE) na pauta do Plenário pode ser uma maneira de pressionar a CBF a aceitar mudanças em sua estrutura, segundo parlamentares. ‘Se a Lei não for aprovada, a CBF fica sozinha, pois os clubes não vão fechar a conta este ano’, diz o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), relator do projeto. Na Comissão do Esporte, cláusulas sobre a CBF caíram para o projeto ter consenso, mas poderão ressurgir no Plenário da Câmara.

Debandada
A não aprovação do voto online no Santos, anteontem, foi inesperada não só pela derrota da situação em um Conselho no qual tem maioria, mas também pela debandada de conselheiros históricos do clube. O ex-presidente Rubens Mesquita, mesmo com problemas para se locomover, fez questão de ir à reunião e convenceu outros conselheiros a também votarem contra o projeto. Entre eles, o ex-presidente Otávio Adegas.

Intimidação
O presidente da Comissão Eleitoral do Santos, Ricardo Campanário, alega que a derrota da proposta de voto online, no Conselho, foi resultado de uma ação orquestrada de intimidação por parte de chapas de oposição. Segundo o dirigente, houve ameaças por meio de redes sociais antes da votação e agressões na saída da Vila Belmiro, e que pessoas tiveram que sair escoltadas. Sob sigilo, as vitimas dizem não saber se irão à Policia.

Politicagem
Fernando Horta, presidente da Unidos da Tijuca, afirma que ações movidas contra Eurico Miranda, como a exclusão do ex-presidente do quadro de sócios do Vasco pela dívida de R$ 1,3 milhão, são de interesse político por conta das eleições do próximo dia 6 de agosto. Horta, antigo desafeto de Miranda, declarou nesta semana que irá votar no ex-presidente.


Vistoria

No clássico de amanhã entre Corinthians e Palmeiras, barreiras de fiscais nos acessos das estações Arthur Alvim e Corinthians Itaquera vão verificar a autenticidade dos ingressos de quem for à Arena corintiana. O esquema não foi utilizado nos dois últimos do time no estádio, contra Internacional e Bahia. Já contra o Botafogo, às vésperas da Copa, a vistoria foi feita como teste para o Mundial, o que causou tumulto e filas de até 1 hora.

Indefinição
O Flamengo ainda não tem uma garantia para liberar a verba de quase R$ 8 milhões de patrocínio da Caixa, que está penhorada desde maio. Além de buscar o que dar como contrapartida, o financeiro do clube também trabalha para provar que a dívida de R$ 80 milhões (corrigida pelo Banco Central), da década de 90, não chega a esse valor.

Preços reduzidos
Após protestos da torcida, o Internacional anunciou ontem os valores, com preços reduzidos, para o jogo contra o Ceará, na próxima quarta-feira (30), pela Copa do Brasil. Após a manifestação, o VP de marketing, Adauri Silveira, admitiu que poderia rever os valores dos ingressos, o que de fato aconteceu. Os ingressos mais caros passaram de R$ 100 para R$ 60.

SEM MORAL

A falta de garra e atitude de Alexandre Pato em treinos e jogos já não é novidade no São Paulo.

O clube tem feito de tudo para que o jogador esteja mais disposto dentro de campo mas os esforços não têm surtido efeito.

E com a chegada de Alan Kardec e Kaká, e as boas atuações de Ademílson, as chances de Pato no time titular estão cada vez menores.

Na coletiva após o treino de ontem, no CT do São Paulo, Muricy Ramalho não poupou palavras para descrever o atual momento do atleta.

– Só talento não adianta. Ele vai ter mais chance no time titular quando tiver mais movimentação em campo. A palavra ‘time’ hoje é muito importante e ele tem que pensar dessa forma – disparou o técnico.

Pelo cenário, a saída de Pato do São Paulo é questão de tempo.

DE LETRA
“Hoje é difícil os dirigentes de futebol terem paciência com os treinadores”

Muricy Ramalho, sobre ficar no São Paulo até bater o recorde de jogos no clube. Vicente Feola está 110 jogos à sua frente.

Parque São Jorge está sem alvará

por Francisco Loureiro em 25.jul.2014 às 7:10h

Parque São Jorge, sede do Corinthians, está sem alvará de funcionamento

O Parque São Jorge, do Corinthians, está sem alvará de funcionamento desde o último mês de janeiro, quando venceu o auto de vistoria do Corpo de Bombeiros. No local, o clube tem realizado jogos das categorias de base e do Corinthians Steamrollers, seu time de futebol americano. No último dia 14, o MP expediu um ofício para a Sub-Prefeitura da Mooca pedindo a interdição do local, o que não ocorreu pois o clube se comprometeu a obter um novo alvará. O Corinthians não retornou o contato da coluna.

Indeciso
Apesar de convidado para a reunião de hoje dos clubes com a presidente Dilma, o Palmeiras ainda não tem uma posição oficial sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRFE). O presidente Paulo Nobre viaja a Brasília e depois da conversa deve ter um veredicto sobre o assunto. O Palmeiras é exceção entre os 12 clubes presentes, que têm como objetivo pressionar pela aprovação da LRFE.

Desinteresse
Enquanto Dilma (PT) já se reuniu com o Bom Senso em duas ocasiões, os candidatos rivais Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) não demostraram interesse em dialogar com o grupo até o momento. Mesmo com o movimento de atletas articulando esses contatos nos bastidores, ainda não houve resposta positiva do staff dos presidenciáveis de oposição. É público que Neves é amigo pessoal de Ricardo Teixeira, presidente da CBF entre 1989 e 2012.

Delegação
O Comitê Olímpico Brasileiro pretende levar para os Jogos Rio-2016 cerca de 400 atletas em sua delegação. Destes, 300 já possuem vagas garantidas ao país anfitrião e os outros 100 tendo que buscar a classificação. Em Londres-2012, o Brasil teve 259 atletas em 32 modalidades. A meta do COB para 2016 é figurar no Top 10 do ranking, com 27 medalhas.

Clima ameno

Membros da diretoria do Flamengo comentam que a troca de Ney Franco por Luxemburgo amenizou o discurso da oposição de pedir, no Conselho, o impeachment de Eduardo Bandeira de Mello e membros da diretoria. Nesta semana, um grupo de ex-presidentes ameaçou colocar em pauta a saída de Bandeira caso mudanças, como a saída de Franco, não fossem feitas.

Terceirizado
A mega loja de São Januário deve ter sua gerência terceirizada após o Vasco ter o novo contrato de material esportivo em vigência com a Umbro, que deve ocorrer em outubro. Segundo o diretor-geral Cristiano Koehler, há a intenção de fechar com uma empresa que fique à frente da operação. A Penalty, financiadora da loja, operou o espaço desde a inauguração, em 2011.

País sede
O Brasil sediará pela 1 vez a fase final da Danone Copa das Nações, que reunirá em novembro cerca de 400 crianças de 10 a 12 anos de 32 países. Embaixador do torneio, Zidane virá ao Brasil para acompanhar de perto os jogos ao lado de Cafu. Em sua 14 edição, só um brasileiro foi campeão, o Fluminense, em 2011, em decisão que atraiu 45 mil pessoas no estádio Santiago Bernabeu, na Espanha.

ATRASO

Dilma Roussef se reúne com clubes de futebol, nesta sexta-feira (25)

A presidente Dilma Rousseff vai receber os dirigente de 12 clubes brasileiros hoje, em Brasília.

A importante reunião foi marcada com antecedência para as 11h da manhã.

Desde clubes do sul do país, como o Grêmio, e do Norte, como o Paysandu, estarão presentes.

A reunião, no entanto, teve que ser postergada para as 15h da tarde.

Acontece que o staff da presidência já havia marcado a presença de Dilma em uma apresentação do COB, as 9h30 da manhã, no Rio de Janeiro.

Os dirigentes foram avisados na tarde de ontem e tiveram que se virar para mudar seus compromissos.

Mas não incomodou. Não é sempre que se pode falar diretamente no ouvido do líder da nação.

DE LETRA

“Os ovos são os mesmos, só não conseguimos fazer um omelete”

Walter D’Agostino, vice-presidente geral do Flamengo, sobre a troca de treinadores e o atual elenco rubro-negro.

CBF passa por ‘virada à paulista’

por Francisco Loureiro em 24.jul.2014 às 7:21h

José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, respectivamente o atual presidente e o eleito para assumir em 2015

A CBF de José Maria Marin e Marco Polo Del Nero tem ficado cada vez mais paulista após décadas de hegemonia carioca com Ricardo Teixeira. Após a saída do diretor de comunicação Rodrigo Paiva, homem de confiança de Teixeira, Del Nero já começou a reestruturação do setor com a contratação do assessor Vinícius Rodrigues, ex Federação Paulista. Outro setor que será reciclado com DNA paulista é o de Finanças. A frente da FPF por 10 anos, Del Nero ficou conhecido por seu caráter centralizador.

Selecionados
O Governo convidou 12 clubes para a reunião de amanhã com a presidente Dilma. Um dos critérios para a escolha foi a atuação de alguns em defesa da Lei de Responsabilidade Fiscal, como Flamengo, Corinthians e Coritiba. Outro motivo foi ter uma representação nacional, o que inclui Paysandu (Norte), Bahia e Santa Cruz (Nordeste). Fecham a lista: Botafogo, Palmeiras, São Paulo, Coritiba, Grêmio, Inter e Atlético-MG. A reunião visa aprimorar a lei para ser votada o quanto antes na Câmara.

Pressão
Horas antes da apresentação de Dunga como técnico da Seleção, o presidente da Federação Baiana, Ednaldo Rodrigues, se reuniu com José Maria Marin e Del Nero para discutir o calendário de jogos no Brasil – assunto colocado em pauta pelo grupo de jogadores do Bom Senso. Rodrigues também cobrou um maior apoio da CBF à Copa Nordeste.

À toda prova
Após a oposição expor provas de suposta fraude eleitoral – com Al Capone e Pinochet entre os sócios – o presidente da Comissão Eleitoral reiterou que é preciso confirmar presencialmente a intenção de voto pela internet. Além disso, afirmou que qualquer associado poderá auditar o processo eleitoral do clube. Antes, durante ou depois da votação.

Defesa

O Internacional não teme uma punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no caso André Santos, que foi agredido, no último domingo, por torcedores dentro do estádio Beira-Rio – entre o vestiário e o estacionamento. O clube alega que o jogador do Flamengo saiu antes do que todos e sem avisar ao Inter, impedindo qualquer ação do Colorado.

Tradição
Segundo o Consórcio Maracanã, os setores Norte e Sul – os mais baratos do estádio – não ganharão o sistema de lugares marcados por respeito à tradição do torcedor que prefere assistir aos jogos em pé. O Maracanã estreia no próximo domingo, no clássico Flamengo e Botafogo, o sistema de lugares marcados nos setores Leste e Oeste, para ingressos comprados pelo site.

Outro lado
Segundo Toninho Nascimento, Secretário Nacional de Futebol, o Ministério do Esporte não tem a pretensão de intervir na CBF. Nascimento afirma que, mesmo se o Governo Federal tivesse a intenção, não a poderia fazer por dois pontos: o artigo 217 da Constituição Brasileira (governo intervir numa entidade privada); e o estatuto da Fifa, que suspende as confederações com interferência governamental.

LENTIDÃO

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) anunciou ontem o planejamento para os Jogos Rio-2016.

O Brasil almeja ao menos a 10ª posição geral da competição com 27 medalhas. Foram 17 em Londres-2012.

Para essa melhora de 10 medalhas entre os Jogos, o COB, presidido por Carlos Arthur Nuzman, terá um orçamento de US$ 600 milhões.

A entidade poderia ter seguido o modelo chinês, que das Olimpíadas de Atenas, em 2004, para os Jogos em seu território, em 2008, saltou de 63 medalhas para um total de 100 conquistas.

Mesmo que a verba brasileira seja menor que o da China, cujo orçamento é de US$ 1 bilhão, o aumento de 10 medalhas pretendidos pelo COB se torna pequeno quando se tem US$ 600 milhões de orçamento.

DE LETRA

“Diz-me com quem andas e eu te direi quem és”
Nelson Rocha, candidato à presidência do Vasco, sobre o presidente da Unidos da Tijuca, Fernando Horta, ter declarado voto em Eurico Miranda.

Dirigentes rechaçam discurso do governo

por Marcelo Resende em 23.jul.2014 às 6:51h
Toninho Nascimento, Secretário Nacional de Futebol

Toninho Nascimento, Secretário Nacional de Futebol

O discurso feito por Toninho Nascimento, Secretário Nacional de Futebol, ao lado de integrantes do Bom Senso, em Brasília, não agradou dirigentes dos clubes brasileiros. Nascimento disse que a equipe jurídica do Ministério do Esporte está “trabalhando para saber até onde podemos intervir na CBF”. A constituição proíbe intervenção em federações esportivas desde a Lei Pelé, de 1997. Os dirigentes descartam qualquer intervenção em federações ou na CBF, e apontam “oportunismo eleitoral”.

Direitos econômicos
Mesmo sendo divulgado há dois meses, o estudo que o Ministério do Esporte encomendou para a Fundação Getúlio Vargas (FGV) sobre a participação de empresários nos contratos de jogadores de futebol ainda não foi iniciado. A previsão é que seja concluído em quatro meses e só depois o governo irá abrir debates com especialistas para avaliar o que será possível fazer.

Sem apostas
Fernando Horta, presidente da Unidos da Tijuca e influente na política do Vasco, diz que o motivo para votar em Eurico Miranda é que o momento atual vivido pelo clube não permite apostas e experiências, referindo-se indiretamente ao candidato do grupo do ex-jogador de Edmundo, Julio Brant. Horta foi disputado por diversos grupos políticos do clube, inclusive de Edmundo.

Coligação
Os grupos de oposição Mais Botafogo e Botafogo Acima de Tudo fecharam ontem, numa churrascaria do Rio de Janeiro, a união oficial para a disputa das eleições presidenciais de novembro. Os grupos, que têm o apoio de Carlos Alberto Torres, devem anunciar os cabeças de chapa até o fim da próxima semana. Entre os nomes cotados estão Manoel Renha, Antônio Carlos Mantuano, Gustavo Noronha.

Atrasada
A CBF tem mostrado o quanto está desatualizada. E o motivo não é a escolha de Gilmar Rinaldi para coordenador da entidade e nem a de Dunga para técnico da Seleção. É que mesmo após mais de uma semana de sua demissão do cargo de treinador da equipe brasileira, Luiz Felipe Scolari ainda aparece na foto de capa da página oficial da CBF na rede social Twitter, que tem 2,2 milhões de seguidores.

Tentativa de fuga
Quatro brasileiros que atuam em clubes situados em áreas de conflito da Ucrânia buscaram o escritório Bichara & Motta Advogados para se orientar sobre uma possível rescisão de seus contratos. O suporte jurídico foi que houvesse cautela na decisão pois o rompimento unilateral do acordo pode ter resistência por parte da Fifa.

Escolhas
A Comissão Eleitoral do Santos já vem trabalhando com “cinco ou seis auditorias de renome internacional” para a criação do sistema de voto online no clube. Segundo a Comissão, a empresa responsável por auditar as eleições tem que se envolver “desde o início” com o processo. A polêmica mudança na eleição do clube será votada nesta quinta-feira, na reunião do Conselho Deliberativo do clube.

NÃO APROVOU

Convocacao da Selecao Brasileira para Copa 2014 no Brasil

Felipão conversou com um grupo restrito de jornalistas durante a Copa

O presidente da CBF, José Maria Marin, parece não ter gostado nada da conversa que Luiz Felipe Scolari teve com jornalistas durante a Copa do Mundo.

A atitude de Felipão desagradou não só a grande maioria da imprensa que cobria a equipe mas também parte os jogadores, pois o próprio técnico assumiu que os atletas estavam mal emocionalmente.

Ontem, em sua apresentação como novo técnico da Seleção Brasileira, Dunga foi questionado se reuniões restritas como a realizada por Felipão também ocorreria com ele.

– As conversas têm de ocorrer assim, para todo mundo ouvir – rebateu o capitão do tetra.

Ao seu lado, Marin deu apenas uma olhada para Dunga e concordou com a resposta, balançando a cabeça.

DE LETRA

“É marola de gente que não entende um pingo de Direito”

Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba, sobre uma possível intervenção do governo na gestão da CBF.

Bahia entra com ação na Fifa contra argentino ‘furão’

por Francisco Loureiro em 22.jul.2014 às 18:21h

O Bahia entrou com uma ação judicial na Fifa contra o meia argentino Leandro Romagnoli, do San Lorenzo, nesta quarta-feira (22). Romagnoli assinou pré contrato com o Bahia em janeiro de 2014 e deveria se apresentar no clube no dia 1 de julho, mas continuou treinando no San Lorenzo.

- Ainda em janeiro, nos termos do pré-contrato, pagou ao atleta U$ 50 mil. Portanto o clube cumpriu todas as obrigações previstas em contrato. Já o atleta, infelizmente, além de não se apresentar, apenas veio dar uma resposta ao clube nesta terça-feira. Não é um comportamento que se esperaria de um jogador do nível do Romagnoli – disse o advogado Eduardo Carlezzo, que representa o  Bahia na ação.

Carlezzo também sinaliza que, caso o Bahia vença a ação na Fifa, o San Lorenzo pode ser punido também.

-  O pré-contrato tem uma multa de R$ 1 milhão caso o Romagnoli não se apresentasse, mais a obrigação de devolver o que já recebeu. Ingressamos na FIFA cobrando tais valores do atleta e do clube argentino, bem como solicitando que o atleta seja suspenso por 4 meses de suas atividades profissionais devido a quebra de contrato, e o clube proibido de contratar novos jogadores pelo prazo de 2 janelas de transferência por induzir a esta quebra – completou o advogado.

 

 

 

 

 

Atletas na Ucrânia recebem propostas

por Marcelo Resende em 22.jul.2014 às 6:51h

Bernard

Jogadores brasileiros que atuam na Ucrânia não pretendem retornar das férias ao país europeu por conta dos confrontos separatistas na fronteira com a Rússia. Entre eles estão o atacante Bernard e o meia Douglas Costa, ambos do Shakhtar Donetsk, que já receberam propostas da Inter de Milão, da Itália, e do Monaco, da França, respectivamente. Mesmo sem constar oficialmente no regulamento da Fifa, o clima de guerra na região seria utilizado para brigar pela rescisão dos contratos milionários.

Novela
A contratação de Wellington Nem pelo Fluminense depende da avaliação do treinador do Shakthar Donetsk (UCR), que pode voltar a contar com o jogador. Segundo Paulo Angioni, diretor de futebol do clube carioca, a crise na Ucrânia também tem atrapalhado o andamento das negociações. O Fluminense, outra vez, espera resolver o assunto até o fim desta semana.

Processo natural
Contratado no fim de maio, o diretor de futebol do Flamengo, Felipe Ximenes, diz que em pouco mais de 40 dias não foi possível trabalhar todos os pontos que deseja no futebol do clube. Ximenes afirma que a proposta de trabalho montada inicialmente com a diretoria, baseada no profissionalismo, terá resultado gradualmente. Com 11 jogos, o Flamengo é o lanterna do Brasileirão.

Apoio
O presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, Abílio Borges, afirma que não vai declarar apoio a nenhum grupo político concorrente à eleição presidencial. Borges diz que recebeu convites de alguns grupos para se manter no cargo após a troca da diretoria administrativa. Borges também é da Junta Deliberativa, composta pelos cinco poderes do clube (administração, assembleia geral, beneméritos, fiscal e deliberativo).

Voto aberto
Com a votação sobre o voto online marcada para o dia 24, na reunião do Conselho do Santos, a oposição santista corre atrás de assinaturas para que o voto seja aberto – são necessárias 51, número próximo ao de conselheiros de oposição. A derrota, porém, é vista por grupos críticos à atual gestão como inevitável, já que a diretoria conta com cerca de dois terços dos conselheiros.

Comitê
Embora a Copa do Mundo tenha terminado no último dia 13 de julho, o Comitê Organizador Local (COL) irá funcionar até dezembro deste ano. As funções envolvem, principalmente, a retirada dos equipamentos dos 12 estádios do Mundial, certas manutenções das arenas, além de transferência de conhecimento para o Comitê responsável pela Copa de 2018.

TVs na Copa
A Copa do Mundo impulsionou a venda de televisores no período de janeiro a maio de 2014. Este ano, a indústria vendeu para o varejo 7,1 milhões de TVs, frente a 5 milhões no mesmo período do ano passado – crescimento de 43%. A expectativa da Associação Nacional de Fabricante de Eletroeletrônicos é que sejam vendidos 16 milhões até o fim do ano, 4 milhões a mais que em 2010, ano da Copa na África do Sul.

CONTRADIÇÕES

Raymond Whelan, CEO da Match

Raymond Whelan, CEO da Match

Centro de uma investigação sobre venda ilegal de ingressos, a Match muda de posicionamento a cada descoberta da Polícia.

Na primeira prisão do CEO Ray Whelan, a empresa disse que tinha um “código rígido de venda” dos pacotes Hospitality – destinado às áreas VIP das arenas e negou qualquer ligação com Lamine Fofana.

Mas após a Policia revelar 900 ligações entre Whelan e Fofana, as respostas da Match mudaram de tom.

Agora, dizem que os “pacotes hospitality” podem ser vendidos para quem eles quiserem, a qualquer preço, inclusive para o próprio Fofana.

Esquecem que, em 2011, o próprio presidente da Match, Jaime Byrom, veio ao Brasil e disse que os tais pacotes tinham “preço fixo”, entre R$ 700 e R$ 2,3 milhões.

DE LETRA

“Precisou perder de 7 a 1 para a Alemanha para todo mundo ter solução para o futebol brasileiro”

Toninho Nascimento, secretário de futebol do Ministério do Esporte, sobre as mudanças na gestão do futebol no Brasil.

Crise no Flamengo une inimigos de décadas

por Marcelo Damato em 21.jul.2014 às 20:57h

A crise que se instalou no Flamengo provocada pela série de derrotas e pela lanterna no Campeonato Brasileiro conseguiu pôr do mesmo lado cartolas que por décadas mal se cumprimentavam. Os ex-presidentes Antonio Augusto Dunshee de Abranches, no cargo quando o Flamengo conquistou o título mundial de 1981,  e Marcio Braga, comandante do clube em cinco oportunidades e maior vencedor da história do Fla, deixaram a reunião com o presidente Eduardo Bandeira de braços dados.O sinal foi claro: a crise é tão grave que até questões pessoais devem ser colocadas de lado.

Na reunião preliminar do grupo, em que foi redigido o documento distribuído também nesta segunda-feira, até membros do grupo de oposição liderados por Leonardo Ribeiro estiveram presentes.

A cobrança dos cardeais do Flamengo foi diferente no tom, mas nem tanto no conteúdo que Bandeira havia ouvido uma hora antes dos presidentes dos “poderes” do clube (conselhos Deliberativo, de Administração, Fiscal e de Grandes Beneméritos, mais o da Assembleia Geral). Todos tiveram a mesma avaliação: Ney Franco já perdeu o comando do grupo e com ele o clube não irá sair dessa situação;.

Mas o mais importante, todos dizem, é colocar um vice-presidente de Futebol que entenda de Flamengo e de futebol. E o nome de consenso é o de Kléber Leite.

Pelo mesmo motivo, Marcos Braz foi sugerido como diretor de Futebol – amador, não para o lugar de Felipe Ximenes – cuja cabeça também foi sutilmente  pedida.

 

Em 2016, PME’s vão gerar R$ 300 milhões

por Francisco Loureiro em 19.jul.2014 às 7:18h

Carlos Nuzman, Presidente do Comitê Organizador Rio 2016, e Sylmara Multini, Gerente Geral de Licenciamento (Foto: Wander Roberto/Rio 2016)

Até o momento, cerca de 2 mil pequenas e micro empresas (PME) já estão cadastradas no Portal de Suprimentos do COI para serem fornecedoras de produtos e serviços nos Jogos Rio-2016. A expectativa é que as PME’s sejam responsáveis pela movimentação direta de R$ 300 milhões, que representam 10% do total de R$ 3 bilhões esperados pelo Comitê Organizador com a contratação de produtos e serviços para os Jogos. Mais de 40 setores da economia estão envolvidos no processo.

Interesses
Dirigentes de clubes com trânsito em Brasília dizem que não há interesse por parte da cartolagem na instalação da CPI do Futebol e na votação da PL 221, que visa maior transparência na CBF e nas federações. A ofensiva no Senado está nas mãos dos parlamentares Álvaro Dias (PSDB-PR) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), mas sem sucesso até o momento. A prioridade é a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte (LRFE) na Câmara.

Trava federal
O relator da LRFE, deputado Otávio Leite, se encontrou com Henrique Alves, presidente da Câmara, para saber o posicionamento do ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre as taxas previstas no projeto – ponto que tem travado a discussão. A resposta não agradou Leite. Isto porque a pasta definiu que não irá apoiar a proposta, em definitivo.

Euforia
Após a vitória sobre o Bahia, os comentários no Morumbi é que Carlos Miguel Aidar nunca esteve tão feliz como agora desde que reassumiu a presidência do clube. O motivo seria o bom futebol apresentado após o pesado investimento em contratações e o fato de Alan Kardec ter marcado na estreia pelo time, o que tirou o peso da expectativa em cima do jogador, que veio do rival Palmeiras.

Intercâmbio
O CEO do Benfica, Domingos Oliveira, estará no Rio de Janeiro no próximo sábado (26) para participar de um evento de marketing esportivo, na Uerj, onde falará sobre o programa de associados do time de Lisboa. O clube português é referência mundial no segmento com cerca de 300 mil sócios. Ao lado de Oliveira estará Marcone Barbosa, diretor de marketing do Cruzeiro, time cujo programa aumentou de 45 mil para 60 mil associados desde o título Brasileiro, em 2013.

Acesso fácil
O Internacional não teme problemas de acesso ao Beira-Rio para os jogos em casa, mesmo às 19h30. O clube alega que seu estádio tem duas grandes avenidas ao redor, o que facilita a chegada e o escoamento de torcedores, além de estacionamentos para até 5 mil carros.

Artilheiras
Com 48 gols marcados, a chuteira F50, da Adidas, foi a artilheira da Copa do Mundo ficando à frente dos modelos Mercurial (Nike), com 38 gols, Predator (Adidas), com 23 gols, Magista (Nike), com 15 gols, e Hypervenom (Nike), com 14 gols. Apesar da 5ª posição entre as chuteiras que mais marcaram gols no Mundial, a Hypervenom foi a mais vendida no e-commerce da Netshoes durante o evento.

MUDANÇAS

Jogadores do Bom Senso se encontram em Brasília com a presidente Dilma Rousseff (Crédito: DIVULGAÇÃO/Blog do Planalto)

O Bom Senso começou como uma forma de organizar os jogadores por melhorias no futebol nacional.

No entanto, rapidamente se viram obrigados a voar para Brasília e articular apoios e reuniões.

O movimento irá se encontrar mais uma vez com com a presidente Dilma nesta segunda-feira, 21, para uma discussão técnica.

O grupo, inevitavelmente, teve que se acostumar com a volatilidade das alianças políticas.

Quando o relator Otávio Leite (PSDB-RJ) aprovou a Lei de Responsabilidade Fiscal na Comissão do Esporte, disseram que o texto atendia sete das oito propostas do grupo.

Hoje, após influenciar o Planalto a atrasar a entrada da LFRE na pauta, se diz 100% contra.

Agora, resta observar para que direção sopram os ventos da política.

DE LETRA

“O Vasco caiu comigo e com todos que faziam parte da minha administração”

Roberto Dinamite, presidente do Vasco, assumindo, em partes, a responsabilidade pelo rebaixamento do time.

Andrés Sanchez vende três camarotes da Arena Corinthians

por Marcelo Resende em 18.jul.2014 às 12:09h

O dirigente da Arena Corinthians, Andrés Sanchez, fechou a venda dos três
primeiros camarotes do estádio. Os contratos são para exploração dos espaços por 7 anos, período mais longo a ser negociado – os outros planos são de 3 e 5 anos. Os acordos ocorrem após o Corinthians desistir de um leilão para vender os 89 camarotes da Arena, e o clube irá apenas auxiliar Andrés nas negociações. Ontem, potenciais compradores estiveram no estádio para acompanhar o jogo contra o Internacional.

Barrados no baile
Após três dias procurando por assinaturas para a instalação da CPI do Futebol no Senado, os parlamentares Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Álvaro Dias (PSDB-PR) só conseguiram mais dois nomes, totalizando 18 – são necessários 27 dos 81 senadores. A coordenação política de Rodrigues vê uma manobra nos bastidores para travar a proposta, pois parlamentares que já haviam concordado em assinar desistiram.

Por pouco
O Senado estava perto de colocar em pauta o projeto de lei que visa o controle público das contas da CBF, não fosse a desistência do líder Eunício Oliveira (PMDB-CE). Agora, a PL 221 será avaliada na Comissão do Esporte no dia 5 de agosto. Se aprovada, vai direto para votação no Senado. Segundo interlocutores do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), ainda há possibilidade de falta de quórum devido ao período eleitoral.

Ingressos
O Internacional poderá diminuir preços para o restante da temporada, segundo Adauri Silveira, vice de marketing do clube. Porém, ele diz que não abrirá mão de beneficiar seus 120 mil sócios-torcedores. Ao menos para o jogo deste domingo, contra o Flamengo, os preços de até R$ 100 estão mantidos, mesmo com os protestos de parte da torcida.

Culpa da Copa
Segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), as vendas da primeira quinzena de julho caíram 12,55% sobre o mesmo período de junho e 6,05% sobre o mesmo mês de 2013. Para a entidade, o motivo
da queda é a Copa, que reduziu o horário de funcionamento das lojas em dias de jogos da Seleção.

Liderança
Os clubes paulistas lideram a venda de chips da TIM no período de janeiro a maio deste ano. Corinthians (48%), São Paulo (31%) e Palmeiras (21%) são os três primeiros colocados entre os 11 grandes clubes que integram o plano da operadora. Nos últimos 12 meses, a TIM dobrou o volume de vendas mensal do produto.

Possível análise
Segundo Elisa Rosa, presidente do Conselho Regional de Psicologia (CRP-SP), a exposição de serviços
da profissão em meios de comunicação, como o da psicóloga que atuou com a Seleção, Regina Brandão, é passível de avaliação pela entidade para apurar se houve ou não falta de ética da profissional.

Errata
Diferente do publicado na edição de ontem, o nome da psicóloga que atuou junto à Seleção na Copa é Regina Brandão e não Beltrão.

OMERTÀ

A Fifa é reconhecida como um entidade fechada e pouco transparente.

Seu presidente, Joseph Blatter, já se irritou quando jornalistas questionaram seu salário, mesmo sendo o homem que comanda a entidade máxima do futebol.

Até hoje ninguém sabe. E não há poder no mundo que ultrapasse essa barreira.

Até na federação dos EUA, país em que homens públicos são cobrados por transparência, o presidente Sunil Gulati segue intocado.

Ao vencer a eleição para o Comitê Executivo da Fifa, neste ano, foi questionado sobre seus rendimentos logo na primeira coletiva.

– É claro que revelarei meu salário. Mas isso se a lei da Fifa permitir – respondeu.

E nem a nação mais poderosa do planeta consegue quebrar o silêncio da Fifa.

DE LETRA

“Vamos contratar. Mas não digo em que posição porque pode causar incômodos.”

Felipe Ximenes, diretor de futebol do Flamengo, sobre setores carentes no time rubro-negro.

Psicóloga da CBF fere Código de Ética

por Francisco Loureiro em 17.jul.2014 às 12:54h

A psicóloga Regina Brandão, contratada pela CBF para ajudar no emocional dos jogadores da Seleção durante a Copa do Mundo, infringiu o Código de Ética dos Psicólogos ao falar sobre os atletas em programas de TV nesta semana. Segundo o artigo 2 do Código, ‘é proibido apresentar resultados de serviços psicológicos em meios de comunicação’. Regina é alvo de críticas de colegas de profissão há tempos. Questionado sobre o assunto, o Conselho Federal de Psicologia não se posicionou até o fechamento desta edição.

Cela Comum
Passados três dias desde que se entregou à Justiça, Ray Whelan, CEO da Match, ainda não entregou provas de que tem diploma universitário, o que lhe daria direito de ficar em cela individual. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP-RJ), ele pode ser transferido a qualquer momento para uma cela comum. Antes de atuar na parceira da Fifa, Whelan teve uma fracassada carreira como técnico de futebol.

Trâmite
Ganha força em Brasília o projeto de Lei do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), que prega a transparência na gestão da CBF. Ontem, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) se reuniu com o ministro Aldo Rebelo para tentar o apoio da pasta à proposta. Paralelamente, Rodrigues busca assinaturas para instaurar uma CPI do Futebol no Senado.

Racha
Um dos principais motivos da fragmentação da chapa É Vasco, união de Pró-Vasco (Eduardo Machado) e Cruzada Vascaína (Leonardo Gonçalves), foi a demora no lançamento dos nomes para concorrer às eleições presidenciais. O Pró-Vasco defendia uma definição dos concorrentes até o final de 2013 para que houvesse tempo para trabalhar a campanha. Sem uma decisão até essa semana, a chapa se desfez.

Compromisso
Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba e representante dos clubes em Brasília, vai usar o Coxa para apoiar a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, que está travada na Câmara. O dirigente afirma que a equipe entrará em campo com faixas de apoio em todos os jogos em que for mandante. Andrade já foi visto como contrário à LRFE, mas aderiu ao projeto depois que cláusulas sobre a CBF foram retiradas do texto final.

Muito social
Segundo diretores do Twitter no Brasil, a Copa do Mundo de 2014 é o maior sucesso na história da rede social. E parte do sucesso se deve ao perfil do povo brasileiro, que na visão do grupo é um ‘usuário muito social’. A repercussão do Mundial na plataforma bateu recorde com 672 milhões de tweets.

Tráfico
Mesmo com o fim do Mundial de futebol, o Ibama ainda não encerrou a “Operação Copa”, montada especialmente para o evento para fiscalizar o tráfico de fauna e flora nativas. Entre as apreensões, estão tartarugas, lagostas, algas e até um tatu-bola, espécie que foi escolhida para ser o mascote da Copa. A iniciativa do Ibama está sendo realizada em 12 aeroportos e as multas variam de R$ 500 a R$ 50 mil.

SEM GRANA

Os argentinos estão se acostumando a ter dificuldades financeiras.

No governo, a presidente Cristina Kirchner está prestes a dar um calote bilionário em bancos e fundos pelo vencimento de títulos de sua dívida no passado.

Já entre os torcedores, centenas de argentinos estão desesperados para para voltar para casa, pois vieram assistir a Copa no Brasil mas ficaram sem dinheiro para comprar a passagem de volta.

Ontem, 84 deles foram repatriados com a ajuda do Consulado da Argentina no Rio de Janeiro, que comprou passagens de ônibus e até kit alimentação no valor de R$ 20.

O problema é que, enquanto os torcedores vão dando um jeito de voltar para casa, a presidente ainda não achou ninguém para socorrê-la.

De Letra

“Esse momento não é adequado para ficarmos discutindo isso”

Mano Menezes, sobre o desempenho da Seleção na Copa do Mundo.


.